Destaque na pré-temporada 2018, Dovizioso elogia e prevê Ducati “ainda melhor” no GP do Catar

Andrea Dovizioso voltou a elogiar o trabalho feito pela Ducati durante o inverno. Destaque na pré-temporada, italiano previu que a GP18 será ainda melhor em Losail do que o de costume

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Andrea Dovizioso abre a temporada 2018 da MotoGP no foco dos holofotes. Destaque da pré-temporada, o italiano inicia a campanha deste ano ostentando o rótulo de favorito e confiante no potencial da Desmosedici.
 
Às vésperas da primeira corrida do ano, Dovizioso se disse satisfeito com o feeling que tem com a moto e previu que a Desmosedici vai apresentar um desempenho ainda melhor em Losail que o de costume.
Andrea Dovizioso elogiou a nova Desmosedici (Foto: Michelin)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A Ducati venceu em território catari por três anos consecutivos entre 2007 e 2009, sempre com Casey Stoner. Nos últimos três anos, a casa de Bolonha esteve sempre no pódio: com Dovizioso em 2015 e 2017 e com Andrea Iannone em 2015.
 
“Estou, na verdade, muito satisfeito com o feeling que consegui com a Desmosedici GP18 durante as últimas três sessões de testes: nós fomos sempre muito rápidos e estou feliz com o trabalho feito pela Ducati no inverno”, disse Dovizioso. “Em Losail, a nossa moto sempre funcionou bem e este ano parece ir ainda melhor, então estou muito confiante para o primeiro GP da temporada”, seguiu.
 
“Ainda temos de melhorar alguns aspectos para melhorar para a corrida e muita coisa vai depender das condições que encontrarmos durante o fim de semana, porque no Catar as coisas podem mudar rapidamente, mas eu acredito que temos a experiência certa para controlar todas as situações”, comentou. “Este ano, têm muitos pilotos rápidos e competitivos e sei os pontos fortes da nossa moto, assim como os aspectos que ainda precisamos melhorar, mas estou pronto para começar a temporada de uma ótima maneira”, concluiu.

Aos 39 anos, Rossi acelera para se afastar da aposentadoria na MotoGPAo provar que Ducati pode vencer, Dovizioso mira concluir o que iniciouLorenzo vai para segundo ano na Ducati tentando recuperar performance

”VOCÊ TEM DE RESPEITAR”

EMOÇÃO GENUÍNA DE BARRICHELLO É EXEMPLO DE MOTIVAÇÃO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube