Diretor da Yamaha vê desânimo de Rossi como compreensível, mas garante: “Ele redescobriu seu entusiasmo”

Diretor da Yamaha, Lin Jarvis afirmou que é compreensível o desânimo de Valentino Rossi após perder o título de 2015 da MotoGP. Dirigente avaliou, entretanto, que o italiano já tinha encontrado sua motivação no segundo dia de testes em Valência

Valentino Rossi liderou a maior parte da temporada da MotoGP, mas acabou derrotado por Jorge Lorenzo na etapa final por uma diferença de cinco pontos. Após o GP da Comunidade Valenciana, o #46 não escondeu seu abatimento e chegou a admitir que vai levar meses para superar o que aconteceu neste ano.
 
Diretor da Yamaha, Lin Jarvis avaliou que o desânimo do piloto de 36 anos é compreensível, mas afirmou que Rossi já tinha encontrado sua motivação no segundo dia de testes no circuito Ricardo Tormo.
Lin Jarvis defendeu que Dorna e FIM precisam encontrar soluções para polêmica entre Rossi e Márquez (Foto: Yamaha)
“Quando você coloca toda essa energia e esforço pelo título todos os dias até a última volta, e aí vê seu alvo desaparecer, você se vê destruído”, disse Jarvis ao jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’. “Compreensivelmente, Valentino estava completamente vazio. A melhor coisa para ele seriam alguns meses para se recuperar e encontrar uma nova motivação”, ponderou.
 
 “Mas no segundo dia de testes, ele tinha uma expressão diferente”, contou. “Ele tinha redescoberto seu entusiasmo. Era o que nós esperávamos ver”, frisou.
 
Além disso, Jarvis defende que a Dorna, promotora do Mundial de Motovelocidade, e a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) têm de fazer todo o possível ao longo desse período de férias para reduzir a tensão entre Rossi e Marc Márquez.
 
O piloto da Yamaha acusa o rival da Honda de ter atuado em favor de Lorenzo na disputa pelo título. A surgiru após o GP da Austrália, ganhou contornos tensos em Sepang, quando um toque entre os dois terminou com Márquez no chão, e chegou ao auge em Valência, onde o #93 passou 30 voltas atrás de Jorge sem atacar.
Valentino Rossi admitiu que vai precisar de tempo para se recuperar da temporada 2015 (Foto: Yamaha)
“Em três semanas, todos os pilotos da MotoGP, times e organizadores ficaram sob estresse: pequenas rachaduras aumentaram drasticamente”, avaliou Lin. “É importante que a Dorna e a FIM possam rever e analisar o que aconteceu, e aí fazer as mudanças necessárias”, continuou.
 
“Se a temporada começar sem que encontrem soluções, sem que isso seja discutido apropriadamente, então tudo será muito difícil”, concluiu.
 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Lembram-se daquele carro conceito de 2017 que a Ferrari fez no começo do ano? Pois o pessoal da Asseto Corsa trabalhou…

Posted by Grande Prêmio on Quarta, 18 de novembro de 2015

PADDOCK GP EDIÇÃO #7: ASSISTA JÁ

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube