MotoGP

Diretor-esportivo cobra consistência e diz que Petrucci “terá tudo de que precisa para tentar vencer corridas”

Diretor-esportivo da Ducati, Paolo Ciabatti garantiu que Danilo Petrucci terá tudo de que precisa para tentar vencer na MotoGP. Dirigente avaliou que o #9 tem de ser constante ao longo de toda a corrida
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
 Danilo Petrucci (Foto: Ducati)
Diretor-esportivo da Ducati, Paolo Ciabatti garantiu que Danilo Petrucci não será um espectador da temporada de Andrea Dovizioso. O dirigente assegurou que o #9 vai contar com todos os recursos disponíveis para tentar vencer na MotoGP, mas frisou que o italiano precisa ser constante ao longo de toda a prova.
 
Petrucci vai estrear no time de fábrica da equipe de Borgo Panigale nesta temporada, assumindo o posto que foi ocupado por Jorge Lorenzo nos últimos dois anos.
 
A Ducati entende que a chegada de Petrucci altera a dinâmica do time, já que o italiano tem um perfil diferente de Lorenzo, mas assegura que Danilo está lá para brigar pela vitória.
Paolo Ciabatti garantiu que Petrucci terá todas as ferramentas para vencer (Foto: Ducati)
“Está claro que nós temos um piloto como Dovizioso, que venceu a maioria dos GPs com a moto vermelha nos últimos três anos. Ao mesmo tempo, temos Danilo, que chegou perto do sucesso em várias ocasiões. Petrucci deve, portanto, demonstrar aquele último passo no que diz respeito a continuidade”, disse Ciabatti em entrevista ao site italiano ‘GPOne’. “Ninguém duvida dos atributos dele, mas, da perspectiva das corridas, ele tem de ser constante o tempo todo. Nós estamos pedindo que ele dê aquele passo para lutar pelo pódio e ou pelo top-5”, seguiu. 
 
“A meta dele é, portanto, não é a de bater Andrea a todo custo, como ocorreu na temporada anterior com Lorenzo. Dovi e Jorge são dois campeões e um via no outro o mais inconveniente oponente”, frisou.
 
Por fim, questionado se Danilo pode ser visto como um jogador em 2019, Ciabatti garantiu que o italiano terá todos os recursos do time à disposição.
 
“Danilo é um piloto oficial e terá tudo que precisa para tentar vencer corridas”, garantiu. “Ele sabe disso. Agora, tudo que ele tem de fazer é mostrar a consistência necessária por toda a duração da corrida”, concluiu.