Diretor-executivo elogia “extraordinário” Dovizioso e promete sanar falhas para tornar Ducati “força a ser reconhecida”

Diretor-executivo da Ducati, Claudio Domenicali exaltou o “absolutamente extraordinário” Andrea Dovizioso após duas vitórias seguidas na temporada 2017 da MotoGP. Dirigente reconheceu que a Desmosedici ainda tem deficiências e prometeu trabalhar duro para transformar o protótipo de Bolonha em uma força a ser reconhecida

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Ducati pode ainda não ter encontrado o caminho de volta rumo ao título da MotoGP, mas é inegável a evolução no pacote da Desmosedici em 2017. Com Andrea Dovizioso, a marca de Borgo Panigale voltou a vencer duas corridas consecutivas na classe rainha do Mundial de Motovelocidade pela primeira vez desde 2010, ainda na era Casey Stoner.

 
Diretor-executivo da Ducati, Claudio Domenicali se rendeu ao “extraordinário” Dovizioso e avaliou que a marca vive um “momento mágico”.
Claudio Domenicali avaliou que a Ducati está em sua melhor forma, mas ainda tem dificiências evidentes (Foto: Ducati)

“Em Montmeló, nós testemunhamos, apenas sete dias depois do triunfo em Mugello, uma corrida que foi dominada por Andrea Dovizioso, parcialmente graças à moto rápida como um relâmpago e a conexão telepática dele com os pneus”, disse Domenicali. “A atmosfera foi mágica… Começando por Dovizioso, calmo e confiante depois do warm-up, aí continuou com o calor da corrida, e terminou com uma incrível celebração no paddock, onde todos se ensoparam com champanhe, inclusive Jorge Lorenzo”, seguiu.

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Na noite passada [domingo], todos estavam em La Barceloneta: Andrea, Jorge, Alessandra, todos os engenheiros e mecânicos, e os amigos de Dovizioso, acompanhados por rios de sangria, presunto e paella. Um momento mágico”, comentou.
 
Ciente das limitações que ainda persistem na GP17, Domenicali destacou que o time já volta ao trabalho imediatamente com a meta de transformar a Desmosedici uma “força a ser reconhecida”.
 
“Hoje, todos voltam a trabalhar arduamente. Nossa Desmosedici é a melhor que jamais foi (grande trabalho, Gigi), mas ainda tem algumas deficiências evidentes. Nós todos estamos cientes delas agora, e as temos em nossa mira”, garantiu. “Uma vez que nos livrarmos delas, a moto vai se tornar verdadeiramente uma força a ser reconhecida”, sublinhou. 
 
“Absolutamente extraordinário, Andrea”, elogiou. “Ótimo trabalho por melhorar corrida após corrida, Jorge. Ducati mágica”, concluiu.

#GALERIA(7077)
 
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube