Dono da mais longa carreira vitoriosa do Mundial, Rossi supera Bayliss e se torna piloto mais velho a vencer na MotoGP

Com o triunfo no GP da Holanda, Valentino Rossi passou Troy Bayliss e se tornou o piloto mais velho a vencer uma corrida da MotoGP. Titular é, também, o sétimo mais velho a vencer na classe rainha do Mundial de Motovelocidade

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A vitória no GP da Holanda resultou em alguns recordes para Valentino Rossi. Ao subir no topo do pódio de Assen, o #46 também entrou para o livro dos recordes como o mais velho a vencer uma prova na era da MotoGP.
 
Com 38 anos e 129 dias, Rossi passou Troy Bayliss, que liderava a lista por ter vencido o GP da Comunidade Valenciana de 2006 aos 37 anos e 213 dias, e se tornou o mais velho a vencer na MotoGP.
Valentino Rossi soma alguns recordes de longevidade (Foto: Yamaha)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Levando em conta toda a história da classe rainha, Rossi é apenas o sétimo vencedor mais velho, atrás de Fergus Anderson (44 anos e 237 dias no GP da Espanha de 1953), Jack Findlay (42 anos e 85 dias no GP da Áustria de 1977), Les Graham (41 anos e 21 dias no GP da Espanha de 1952), Jack Ahearn (39 anos e 327 dias no GP da Finlândia de 1964), Harold Daniell (39 anos e 240 dias na Ilha de Man em 1949) e Frantisek Stastny (38 anos e 247 dias no GP da Alemanha Oriental de 1966).
 
Além disso, Rossi também fez história ao se tornar o primeiro piloto a possuir uma carreira vitoriosa de mais de duas décadas. 20 anos e 313 dias separam o primeiro triunfo do italiano no Mundial — GP da República Tcheca de 125cc de 1996 — e o mais recente. O rival mais próximo de Rossi nesta lista é Loris Capirossi, que teve uma carreira vencedora de 17 anos e 49 dias.
 
Levando em conta apenas a classe rainha, 16 anos e 351 dias separam o GP da Holanda do último fim de semana e o GP da Grã-Bretanha de 2000. O segundo piloto com uma carreira vitoriosa tão longa na divisão principal é Alex Barros, com 11 anos e 204 dias separando as vitórias de Jarama em 1993 e do Estoril em 2005.
 
Por fim, o décimo dos triunfos de Valentino em Assen chegou quase 20 anos depois do primeiro, o mais longo período entre a primeira vitória e a mais recente de um piloto em um mesmo circuito. Quem chegou mais perto desta marca foi Ángel Nieto que viu um intervalo de 15 anos entre a primeira vitória — 50cc em 1970 — e última — 80cc em 1985 — em Le Mans.

#GALERIA(7093)
 
POLÊMICA MOSTRA QUE VETTEL PISOU NA BOLA E HAMILTON FOI MALANDRO EM BAKU

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube