Dovizioso cita equilíbrio e “grupo de dez pilotos” no pelotão da frente

O #4 ficou apenas na oitava posição em Losail, atrás de outros dois pilotos da montadora italiana - Bagnaia e Zarco

Andrea Dovizioso terminou o segundo dia de treinos no Catar apenas na oitava posição, a 0s6 do líder Fabio Quartararo. Para o piloto da Ducati, e que sequer foi o melhor da montadora italiana no teste desde domingo (23), a igualdade está sendo um fator predominante em Losail.
 
"Estou no grupo da frente e contente se não fosse um grupo com dez pilotos", afirmou. 
 
"Somos rápidos, não há grandes problemas, mas isso não é suficiente e sabemos disso. Yamaha e Suzuki estão mais rápidas", completou o italiano.
Foto: Ducati
Paddockast #49
RAÍ CALDATO: O ARTISTA PREFERIDO DE LEWIS HAMILTON

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

 
Para o #4, o equilíbrio nos testes em Losail tem a ver com o novo composto de pneus da Michelin para a temporada 2020. Ele já afirmou que a mudança o fez alterar o estilo de pilotagem e as motos da Ducati parecem as mais afetadas.
 
"Os compostos são distintos do ano passado. No começo, parecia que beneficiariam nossas motos, mas isso só vamos entender nas corridas. Andando sozinho, no teste, você tem uma ideia, mas os detalhes somente na corrida", declarou.
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube