Dovizioso fala em “semana fantástica” após vitórias, mas minimiza vice-liderança da MotoGP: “Restam muitas corridas”

Andrea Dovizioso voltou a minimizar a vice-liderança da MotoGP e lembrou que ainda restam muitas corridas na temporada. Titular da Ducati afirmou que teve uma semana fantástica após os triunfos em Mugello e em Barcelona

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Andrea Dovizioso não se deixa enganar pela segunda colocação na classificação da MotoGP. Sete pontos atrás de Maverick Viñales após as vitórias em Mugello e Montmeló, o #4 segue com os pés no chão e garante que não está pensando em suas chances no Mundial.
 
No entender do italiano, muita coisa pode acontecer nas demais corridas da temporada e a GP17 ainda precisa evoluir bastante.
Andrea Dovizioso segue com os pés no chão após assumir vice-liderança da MotoGP (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
“Depois de duas vitórias em sequência na Itália e na Espanha, foi uma semana fantástica para mim”, disse Dovizioso. “Apesar de eu ser segundo na classificação, não estou pensando muito no campeonato, porque ainda restam muitas corridas e nós temos de continuar trabalhando para melhorar alguns aspectos da nossa moto”, seguiu.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Assim como fez antes, Andrea voltou a destacar que os GPs da Itália e da Catalunha foram corridas peculiares.
 
“É verdade que nós dominamos os dois últimos GPs e que a Desmosedici GP foi realmente bem, mas aquelas foram corridas peculiares, especialmente Barcelona”, considerou. “De qualquer forma, estou bem relaxado com tudo e nós também vamos para Assen para tentar conquistar o melhor resultado que posso”, encerrou.
 
O GP da Holanda deste fim de semana conta com uma programação ligeiramente diferente. A Moto3 segue a tradição e abre os trabalhos às 6h, mas a MotoGP foi antecipada para evitar o confronto com a F1 e vai largar às 8h. A Moto2, então, fecha a programação, às 9h30.
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube