Dovizioso vê Ducati em “situação muito melhor” do que em 2016, mas admite: “Não é o suficiente”

Andrea Dovizioso avaliou que a Ducati melhorou bastante em comparação com a temporada, mas afirmou que o trabalho do time ainda não foi o suficiente. Italiano frisou que é preciso melhorar a performance da moto de Borgo Panigale nas curvas

 

Andrea Dovizioso reconheceu que o avanço feito pela Ducati para a temporada 2017 ainda não é suficiente. O time de Bolonha tenta recuperar um título conquistado pela última vez em 2007.

 
Em 2016, a Ducati voltou ao topo do pódio da MotoGP pela primeira vez desde 2010, mas Dovizioso acredita que a evolução do time ainda não é suficiente para brigar com Honda e Yamaha pelo título.
 
O #4 completou a segunda bateria de testes coletivos na sétima colocação. Após três dias em Phillip Island, o italiano cravou 1min29s248 em sua melhor volta e ficou a 0s699 de Maverick Viñales, o líder dos trabalhos.
Andrea Dovizioso avalia que Ducati ainda não melhorou o suficiente(Foto: Ducati)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Se você olhar para o teste e fizer uma comparação com o ano passado, nós estamos em uma situação muito melhor”, disse Dovizioso. “Fui competitivo na Malásia, fui competitivo [em Phillip Island] e esta é uma das minhas piores pistas”, seguiu.
 
“Nós melhoramos um pouquinho em comparação com o ano passado. Somos bem rápidos”, avaliou. “Mas, por outro lado, nós ainda não melhoramos o bastante os pontos negativos”, reconheceu.
 
“Então, olhando para o campeonato, para sermos competitivos em todas as pistas, não estou feliz”, comentou. “Fizemos um grande trabalho, mas não é o suficiente”, insistiu.
 
Questionado se a Ducati tinha mais atualizações planejadas para o teste coletivo de Losail, Andrea respondeu: “No Catar, é difícil ter material novo”.
 
“Não é possível trazer alguma coisa em duas semanas. Nós temos de entender o que temos para tentar melhorar o acerto”, ponderou.
 
Na visão do italiano, uma melhora na performance da Desmosedici em curva já seria suficiente para colocar a escuderia italiana de volta à briga pelo título.
 
“Quando você está na corrida, a aderência é menor para todo mundo e [a performance] nas curvas tem um grande efeito”, explicou. “Podemos ser muito fortes em várias áreas, mas se a curva é pior que a dos rivais, com o nível em que estamos com as motos e os pilotos, é difícil dizer”, continuou.
 
“É por isso que digo que, se tocarmos este ponto, tudo pode mudar”, concluiu.

#GALERIA(6928)
PADDOCK GP #66 RECEBE LUCAS DI GRASSI, DEBATE F-E E NOVOS CARROS DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube