Em sessão movimentada, Iannone vence Lorenzo e Márquez e garante liderança do terceiro treino da MotoGP em Losail

Andrea Iannone superou Jorge Lorenzo por 0s137 e ficou com a liderança do terceiro treino da MotoGP no Catar. 0s196 atrás do líder, Marc Márquez apareceu em terceiro

A terceira sessão de treinos livres da MotoGP em Losail foi para lá de movimentada. Na noite desta sexta-feira (18), muitos pilotos se revezaram no topo da tabela, mas, com 1min54s639, foi Andrea Iannone quem levou a melhor.

 
O piloto da Ducati usou sua penúltima volta nesta noite para tomar a liderança, superando Jorge Lorenzo por apenas 0s137. Marc Márquez também brigou pelo comando da sessão, mas acabou em terceiro, 0s059 atrás do #99.
Andrea Iannone foi o melhor no terceiro treino no Catar (Foto: Ducati)
Andrea Dovizioso conseguiu melhorar sua marca na volta final e ficou com o quarto tempo, 0s306 atrás do companheiro de Ducati. Maverick Viñales também flertou com a ponta, mas fecha o top-5.
Com 1min55s113, Dani Pedrosa garantiu o sexto melhor tempo, 0s062 à frente de Valentino Rossi, o sétimo. Héctor Barberá assegurou o oitavo posto, com Scott Redding e Pol Espargaró aparecendo logo atrás.
 
O #45, aliás, não viu a bandeira quadriculada no Catar, já que levou um tombo em sua volta final. Scott, no entanto, escapou sem maiores lesões.
 
Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP no Catar:
 
As últimas semanas foram de muita chuva no Catar, mas o clima decidiu cooperar com o Mundial de Motovelocidade. Nesta sexta-feira, os pilotos da MotoGP puderam aproveitar duas sessões de pista seca, com os termômetros marcando 22°C na hora da terceira sessão livre do fim de semana. A velocidade dos ventos estava em 11 km/h.
 
Como tradicionalmente acontece no terceiro treino livre, os pilotos tinham a última chance de carimbar o passaporte direto para a fase final do treino classificatório. Ao início da sessão de 45 minutos, Iannone, Márquez, Lorenzo, Redding, Viñales, Rossi, Dovizioso, Pedrosa, Barberá e Pol Espargaró eram os competidores dentro do top-10 dos treinos combinados.
 
Jack Miller foi um dos primeiros a melhorar. O australiano cravou 1min56s207 e subiu uma posição na tabela, mas ainda ficou a 0s156 da vaga direta para o Q2.
 
Pouco depois, Márquez abriu uma excelente volta, mas perdeu tempo na parcial final e não conseguiu tomar a ponta de Iannone, que vinha 0s013 à frente. 
 
Com cerca de 15 minutos de treino, os pilotos começaram a entrar nos boxes, mas sem ficar muito tempo por lá.
Jorge Lorenzo ficou com a segunda marca (Foto: Yamaha)
Pouco depois, Pedrosa anotou 1min55s357 e assumiu o comando da sessão, abrindo 0s031 de margem para Iannone. Márquez era o terceiro, seguido por Lorenzo, Redding, Viñales, Rossi, Dovizioso, Barberá e Pol Espargaró.
 
Pouco depois, Bradley Smith melhorou sua posição na tabela, assumindo o 11º posto. O britânico tinha 0s119 de atraso em relação ao top-10.
 
Na sequência, Rossi abriu uma boa volta, mas não manteve o ritmo e seguiu com o sétimo posto. Márquez também começou um bom giro, mas assim como o agora arqui-inimigo, também não conseguiu confirmar o giro.
 
Colado na traseira de Lorenzo, Márquez abriu um bom giro pouco depois, mas apesar de ter ritmo para assumir a ponta, abortou a volta e entrou nos boxes da Honda.
 
Com cerca de 15 minutos para o fim, Pedrosa comandava a sessão, com Iannone, Márquez, Lorenzo, Redding, Viñales, Rossi, Dovizioso, Barberá e Smith completando o rol dos dez melhores.
Foi então que Viñales abriu um bom giro. O espanhol cravou duas boas primeiras parciais, mas perdeu um pouquinho no fim e apenas conseguiu subir para o quarto posto, 0s062 atrás do líder.
 
Smith, por sua vez, teve uma sorte um tanto mais cruel. O britânico caiu na curva seis de Losail e voltou a pé para os boxes.
 
Aí foi a vez de Dovizioso iniciar sua escalada. Primeiro, o italiano assumiu o sétimo posto, 0s010 à frente de Rossi, o oitavo. Na passagem seguinte, o #4 virou 1min55s239 e foi para ponta, 0s118 à frente de Pedrosa.
 
Rossi também abriu uma boa volta, mas não manteve o passo e apenas conseguiu subir para o sétimo lugar.
 
Na sequência, Lorenzo superou Dovizioso por 0s020 e assumiu o comando da sessão. Pedrosa vinha em terceiro, seguido por Iannone, Márquez, Viñales, Rossi, Pol Espargaró, Redding e Barberá.
Scott Redding sofreu uma queda nesta noite (Foto: Pramac)
Na volta seguinte, Lorenzo ampliou a margem para 0s463. Pouco depois, Márquez também entrou na casa de 1min54s e subiu para segundo, 0s214 mais lento que o #99. Pedrosa também foi melhor e assumiu o terceiro lugar.
Redding seguiu a tendência de melhora e pulou para a sexta colocação, 0s623 atrás do líder. Viñales caiu para sétimo, à frente de Rossi, que tinha acabado de sair dos boxes da Yamaha.
 
Com 1min54s639, Iannone tomou o comando da sessão, 0s137 à frente de Lorenzo. Viñales pulou para terceiro, mas caiu uma posição na sequência, com Márquez virando 0s141 mais rápido que o piloto da Suzuki. Pedrosa era o quinto, à frente de Rossi, Dovizioso, Barberá, Redding e Pol Espargaró.
 
Já com a bandeira quadriculada tremulando em Losail, Márquez vinha em boa volta, mas não conseguiu melhorar o bastante para alterar sua posição. Dovizioso, por sua vez, pulou para a quarta posição.

MotoGP, Losail, Catar, 3º Treino Livre:

1 29 ANDREA IANNONE ITA  DUCATI 1:54.639  
2 99 JORGE LORENZO ESP YAMAHA 1:54.776 +0.137
3 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:54.835 +0.196
4 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 1:54.945 +0.306
5 25 MAVERICK VIÑALES ESP SUZUKI 1:54.976 +0.337
6 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 1:55.113 +0.474
7 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:55.175 +0.536
8 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 1:55.323 +0.684
9 45 SCOTT REDDING ING PRAMAC DUCATI 1:55.399 +0.760
10 44 POL ESPARGARÓ ESP TECH3 YAMAHA 1:55.476 +0.837
11 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP SUZUKI 1:55.491 +0.852
12 38 BRADLEY SMITH ING TECH3 YAMAHA 1:55.505 +0.866
13 76 LORIS BAZ FRA AVINTIA DUCATI 1:55.773 +1.134
14 9 DANILO PETRUCCI ITA PRAMAC DUCATI 1:55.931 +1.292
15 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 1:55.946 +1.307
16 68 YONNY HERNÁNDEZ COL ASPAR DUCATI 1:56.100 +1.461
17 43 JACK MILLER AUS MARC VDS HONDA 1:56.207 +1.568
18 53 TITO RABAT ESP MARC VDS HONDA 1:56.625 +1.986
19 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP APRILIA GRESINI 1:56.749 +2.110
20 6 STEFAN BRADL ALE APRILIA GRESINI 1:57.069 +2.430
21 50 EUGENE LAVERTY IRL ASPAR DUCATI 1:57.135 +2.496
 

#GALERIA(5607)

 
VEJA A EDIÇÃO #20 DO PADDOCK GP, QUE ABORDA F1, MOTOGP, INDY E F-E

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube