Ezpeleta rejeita ideia da Red Bull de comandar F1: “Estou muito bem na MotoGP”

Diretor-executivo da Dorna, a promotora da MotoGP, Carmelo Ezpeleta agradeceu o reconhecimento de Helmut Marko ao seu trabalho no Mundial de Motovelocidade, mas rejeitou a ideia de mudar para a Fórmula 1. Ao jornal espanhol ‘AS’, o dirigente também não quis dar sua avaliação do momento atual da série das quatro rodas

Não foi desta vez que a Fórmula 1 conseguiu roubar o chefão da MotoGP. Em entrevista ao diário espanhol ‘AS’, Carmelo Ezpeleta se disse “muito bem” no Mundial de Motovelocidade e recusou a ideia de trocar de categoria.
 
Carmelo Ezpeleta não está pensando em trocar a MotoGP pela Fórmula 1 (Foto: Divulgação/MotoGP)
Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?

Aproveitando a chegada do Mundial à Holanda, Ezpeleta não fugiu dos questionamentos sobre o ‘convite’ de Marko, mas, apesar de agradecer os elogios ao trabalho, descartou a mudança.
 
“Eu agradeço, mas estou muito bem na MotoGP”, disse Ezpeleta. “Ele disse isso como um desejo, mas quem tem de decidir isso é a Fórmula 1, onde fazem o que acham que devem fazer. Eu agradeço Marko, mas só isso”, seguiu.
 
Perguntado sobre a possibilidade de se dividir entre duas e quatro rodas, Carmelo voltou a rejeitar a ideia de Marko.
 
“Isso é uma coisa que ele disse, agradeço, mas são outras pessoas que conduzem a F1. Isso é como se um chefe de equipe da MotoGP dissesse que não sei quem tem de assumir as rédeas do campeonato”, comparou. “O que ele disse é um elogio e, como tal, agradeço, mas a F1 tem seu caminho. O dr. Marko é alguém que entende isso e é bom que ele pense que estamos fazendo as coisas bem nas motos, mas é só isso”, frisou.
 
Perguntado, então, sobre sua visão da Fórmula 1, Ezpeleta foi polido: “Nem me ocorre dizer nada. Eu sei o que acho que acontece, mas de maneira nenhuma vou dizer”.
 
“Não posso cometer a arrogância de dizer agora o que acho que acontece”, concluiu.

O GP da Holanda de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube