Quartararo lamenta desgaste no pneu traseiro e Viñales “em outro nível” no Catar

O GP do Catar parecia promissor para Fabio Quartararo, mas um problema no pneu traseiro ao longo da corrida o fez perder rendimento e cair para a quinta posição. Isso sem contar o ótimo desempenho do companheiro Maverick Viñales, que venceu a etapa em Losail

Na classificação para o GP do Catar, que abriu a temporada 2021 da MotoGP, Fabio Quartararo conseguiu um lugar na primeira fila do grid. Na corrida, porém, nunca esteve próxima da briga pela vitória e terminou apenas na quinta colocação.

Depois de não repetir o bom rendimento na corrida, e ainda ver o companheiro Maverick Viñales conquistar a vitória em Losail, o francês analisou as situações que o fizeram perder a corrida de abertura do campeonato deste ano.

“Eu estava me sentindo forte no começo e, logo que ultrapassei Jack [Miller], consegui rapidamente alcançar o Johann [Zarco]. Mas ainda senti uma queda de rendimento no pneu traseiro que não esperávamos porque ela não apareceu nos testes e nem nos treinos livres”, afirmou Quartararo ao site da MotoGP logo depois da corrida no Catar.

Fabio Quartararo estreou no time de fábrica da Yamaha, mas ficou em 5º (Foto: Yamaha)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram

“Quando o Maverick [Viñales] me ultrapassou, ele estava em outro nível, com muito mais aderência do que o resto”, acrescentou o francês.

Quartararo ainda afirmou que tentou pilotar da maneira mais suave possível para economizar os pneus até o fim da corrida.

“Sinceramente, mesmo quando eu estava ultrapassando, minha pilotagem era suave. Eu não estava queimando borracha como um louco para passar. Me sentia bem, com boa velocidade nas curvas, mas então o pneu perdeu rendimento. Isso que não entendo”, declarou.

“Quando o Maverick me passou, eu estava sofrendo um pouco com o pneu e ele estava dando o máximo. Pensei, então, ‘depois ele vai perder rendimento’, mas cada vez mais nós fomos caindo de performance. Felizmente, consegui controlar os tempos de volta com uma pilotagem diferente. Mas me sinto feliz porque são pontos no campeonato após um dia complicado”, finalizou.

A MotoGP segue no Catar para a segunda etapa do campeonato, novamente no circuito de Losail, dessa vez com o nome de GP de Doha. GRANDE PRÊMIO cobre tudo aqui.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar