Feliz com corrida de Mugello, Rossi mira pódio e resume pista de Barcelona: “Me encanta, mas me preocupa”

Quarto colocado no GP da Itália, Valentino Rossi se disse feliz com a corrida de Mugello e destacou que sua meta é voltar ao pódio da MotoGP no GP da Catalunha do fim de semana. Italiano afirmou que gosta da pista de Barcelona, mesmo com o novo layout, mas admitiu preocupação com a baixa aderência do asfalto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Ainda em recuperação após um acidente de motocross, Valentino Rossi vai ter poucos dias de descanso antes de voltar para a pista. A MotoGP volta a correr neste fim de semana, no GP da Catalunha.

 
Mesmo reconhecendo que gostaria de mais alguns dias de descanso, Rossi mostrou confiança para o fim de semana e colocou o pódio como meta.
Valentino Rossi destacou que a baixa aderência de Montmeló preocupa (Foto: Yamaha)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Eu gostaria de ter tido uma semana de pausa depois da corrida de Mugello para me recuperar da melhor forma”, admitiu Rossi. “De qualquer forma, estou feliz com a corrida que fiz, a moto funcionou bem e espero que possa ser melhor em Barcelona. Gostaria de subir ao pódio”, seguiu.
 
Neste fim de semana, o Mundial de Motovelocidade vai estrear um novo traçado para a pista de Montmeló, já que o original foi modificação em decorrência da morte de Luis Salom no ano passado.
 
“Barcelona é um circuito de que realmente gosto, mesmo que seja uma pista com menos aderência, e teremos de encontrar um bom acerto para fazer os pneus funcionarem em seu melhor”, ponderou. “Na segunda-feira, nós também teremos um dia de testes e vamos usá-lo para tentar encontrar algumas soluções”, avisou.
 
“Este é outro GP que tem uma bonita atmosfera, com muitos fãs entusiasmados”, comentou. “Estamos prontos para fazer nosso melhor”, garantiu.
 
Ainda assim, Rossi, que é o piloto mais bem sucedido no traçado, com dez vitórias — uma nas 125cc, duas nas 250cc, uma nas 500cc e seis na MotoGP —, mostrou preocupação com a baixa aderência da pista.
 
“Montmeló me encanta, inclusive com o novo traçado, mas me preocupa a falta de aderência”, ressaltou. “Ela é muito baixa, porque o asfalto está muito ruim”, concluiu.
PADDOCK GP #81 RECEBE TEO JOSÉ

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube