GP às 10: F1 e MotoGP aproveitam ausências de Hamilton e Marc Márquez para dar show

No GP às 10 desta terça-feira (22), Nathalia de Vivo explica como a ausência das duas maiores estrelas das duas principais categorias do esporte a motor, seja no caso de Lewis Hamilton no GP de Sakhir, seja com Marc Márquez em praticamente toda a temporada da MotoGP, mexeu com as duas competições, tornando-as imprevisíveis

Fórmula 1 e MotoGP têm um ponto em comum: um piloto que tem dominado nas últimas temporadas. Nas quatro rodas, Lewis Hamilton tem varrido a competição e venceu cinco dos últimos seis anos. Já nas duas, Marc Márquez chegou como um meteoro na classe rainha e levou o caneco por seis vezes nas oito temporadas passadas.

Com ambos na pista, as coisas passam a ser bastante previsíveis, mas quando não alinham no grid, tudo passa a ser improvável. Tivemos gostinho disso no GP de Sakhir da F1, movimentado e com vitória inédita de Sergio Pérez após o inglês precisar perder a corrida por estar com Covid-19. Na MotoGP, com o espanhol fora de jogo por uma lesão, foram nove pilotos diferentes venceram e Joan Mir surpreendeu ao sagrar-se campeão em 2020.

Nathalia de Vivo explica, no GP às 10 desta terça-feira, como a F1, mesmo que por uma corrida, e na MotoGP, em quase sua totalidade ao longo de 2020, provou algo diferente com as ausências das suas respectivas maiores estrelas do momento em, provavelmente, de todos os tempos. Definitivamente, até mesmo fora das pistas, Lewis Hamilton e Marc Márquez mudaram a história do esporte neste atípico 2020.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar