Granado cita boa adaptação em condições instáveis, lamenta erro, mas comemora “classificação melhor do que no Catar”

Eric Granado mostrou mais satisfação com o desempenho deste sábado, na Argentina. Após um início de temporada difícil, o brasileiro conquistou o 24º posto do grid de largada para a prova em Termas de Río Hondo. Em sua visão, o resultado é positivo, já que foi melhor do que conseguiu no Catar

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Eric Granado tem visto o progresso aparecer aos poucos em sua caminhada na Moto2. Neste sábado (7), aconteceu a classificação para o GP da Argentina e após uma tomada de tempo com clima instável, o piloto conquistou a 24ª posição do grid.
 

Sua sexta-feira foi longe de ser ideal, como ele mesmo falou. Após os primeiros treinos em Termas de Río Hondo, o brasileiro fechou o dia com o 30º tempo da tabela. Já nas atividades deste sábado viu resultados ligeiramente melhores. 
 
Em entrevista ao GRANDE PRÊMIO, o competidor ressaltou as constantes mudanças climáticas do dia, lamentou o erro em sua volta rápida na classificação, mas olhou pelo lado positivo de toda a situação. “Hoje foi um dia típico de Termas. No ano passado a gente viu que foi mais ou menos assim também. Infelizmente ou felizmente, tivemos o dia com condições bem instáveis: chovia, parava, chovia, parava”, explicou.
Eric Granado (Foto: Forward)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Mas não era chuva forte, era uma garoa. A pista ficava seca muito rápido e depois molhava, então é complicado acertar a moto. Mas, mesmo assim, tanto no terceiro treino quanto no classificatório, eu consegui me adaptar bem e consegui ser rápido. No classificatório eu ainda tinha um pouquinho mais para dar no final, mas, infelizmente, acabei dando uma errada por estar em condições muito difíceis. Para você errar é muito fácil, vários pilotos caíram e, na última volta, eu vinha muito bem, mas acabei me enroscando com o Dominique Aegerter e não deu para melhorar um pouco mais”, afirmou.
 

“Mas eu gosto de pensar positivo, porque a gente já foi melhor do que no Catar. Nós conseguimos fazer todos os treinos inteiros e isso já é positivo para mim. Nós conseguimos uma classificação melhor do que no Catar, então espero continuar nessa linha e ir evoluindo a cada prova”, completou.
 
No início do final de semana, o #51 chegou a listar alguns pontos que precisariam melhorar em sua Forward. No entanto, com um sábado bastante molhado em terrar argentinas, foi impossível saber se o time deu aquele passo no quesito das mudanças.
 
“Os pontos que a gente tinha de melhorar na moto ontem, hoje não para a gente ver pelo fato de ter ficado com a pista molhada, então amanhã, se estiver seco no warm-up, a gente vai experimentar, mas a condição que vier para a corrida – seco ou molhado – a gente está preparado e eu vou dar o meu melhor e tentar encontrar o melhor acerto no warm-up para a corrida”, avaliou.
 
Por fim, Granado traçou a estratégia para a corrida: ter um bom início para conseguir seguir os seus adversários. "O plano de amanhã é largar o melhor possível, juntar no pelotão, aprender o máximo com os caras e conseguir a melhor colocação possível”.

“Está sendo um fim de semana bem especial para mim, tem muita gente do Brasil aqui, então é uma motivação extra. Espero amanhã fazer uma ótima corrida e levar um bom resultado para a casa”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube