MotoGP

Iannone fala em terminar corrida na estreia pela Aprilia e admite: “Não estou esperando muita coisa”

Andrea Iannone afirmou que não está “esperando muita coisa” de sua primeira corrida com a Aprilia. O #29 falou em melhorar ao longo do ano e colocou como meta terminar a corrida do Catar

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Andrea Iannone não é exatamente o retrato da animação às vésperas da estreia pela Aprilia. O #29 admitiu que não está “esperando muita coisa” do GP do Catar e falou que seu objetivo é terminar a prova em Losail.
 
Iannone perdeu boa parte da primeira bateria de testes da pré-temporada, em Sepang, por conta de uma infecção dentária, mas voltou à ativa na sessão de Losail para terminar com o 18º melhor tempo, quatro posições atrás de Aleix Espargaró, seu companheiro de equipe.
 
O #29 se disse “sempre positivo”, mas reconheceu que o objetivo é melhorar pouco a pouco ao longo do fim de semana em Losail.
Andrea Iannone não está lá muito otimista para o debute com a Aprilia (Foto: Aprilia)
“No geral, não estou esperando muita coisa”, disse Iannone. “Eu sou sempre um pouco... não negativo, porque eu sou sempre positivo, mas, de qualquer forma, é importante este ano terminar a corrida”, seguiu.
 
“Nós começamos bem, melhoramos durante o fim de semana e, no fim, veremos em qual posição terminamos a corrida”, apontou. “Com certeza, é importante usar nosso pacote em seu máximo. Esse é o objetivo”, frisou.
 
Ainda, Andrea apontou pontos que precisam melhorar e afirmou que a Aprilia vai tentar superar suas fraquezas ao longo do ano.
 
“O lado positivo, com certeza, é que eu tenho um bom feeling no ponto de freada e na primeira parte da entrada da curva”, apontou. “Com certeza, precisamos melhorar um pouquinho na hora de virar a moto. De qualquer forma, vamos tentar melhorar essa situação durante a temporada”, continuou.
 
“Eu sei que é realmente difícil melhorar durante um teste ou um fim de semana de corrida, mas essa é a nossa meta”, concluiu.