Mir vê toque “intencional” e defende punição para Miller após incidente: “Foi perigoso”

Joan Mir e Jack Miller se envolveram em dois toques polêmicos durante o GP de Doha. Após a corrida, no entanto, os pilotos tiveram visões diferentes sobre os incidentes ocorridos na volta 13

A grande polêmica no GP de Doha foi o duelo entre Jack Miller e Joan Mir na volta 13 da corrida. Na curva 10, o atual campeão da MotoGP ultrapassou o rival da Ducati com um leve toque na traseira. Alguns segundos depois, o australiano devolveu jogando a moto contra o rival na briga pelo quinto lugar. No fim, ambos perderam posições e acabaram prejudicados.

A direção de prova logo passou a investigar as ações, mas definiu que foi apenas um incidente de corrida. Questionado por jornalistas, Mir acredita que a ação de Miller foi intencional e passível de punição pelos comissários da categoria.

“O que aconteceu com o Jack é que na curva 10, é o único lugar que posso ultrapassar e eu tomei a posição correta. Então ele decidiu ficar por fora e manter a linha. Tocamos de leve, então recuperei a potência. A manobra foi arriscada, eu entendo, mas nada além do limite. Depois mexi minha perna para me desculpar porque não consegui evitar [o choque]”, disse Mir.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Fatos e curiosidades do GP de Doha da MotoGP (sem Marc Márquez)
Confira a classificação da MotoGP após a etapa de Doha

“Então, na mesma volta, eu abri demais na última curva, e quando voltei acabei vendo o Jack mexendo a cabeça na minha direção. Fui além da zebra e ele veio até minha moto e nos tocamos. Quase caímos na reta, então achei super arriscado e perigoso. Acredito que tinha sido intencional, o Jack não mostrou respeito algum nesse caso”, completou o piloto da Suzuki.

Por fim, o espanhol defendeu uma punição rigorosa contra o adversário. “Bem, o time vai julgar se devemos ou não apelar. Se foi intencional, como eu disse, se ele fez de propósito, então merece uma penalização”, afirmou.

Após a corrida, Jack Miller também foi perguntado por jornalistas sobre o incidente e se esquivou de maiores detalhes, dizendo apenas que não concordaria com uma possível punição.

“Aconteceram vários toques, assim que a corrida estava fluindo. É uma daquelas coisas que acontecem, eu acho. Nós vimos o que houve, todo mundo viu e continuamos a prova. Se eu recebesse bandeira preta, discordaria”, pontuou.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar