Zarco explica como alcançou recorde de velocidade na MotoGP: “Vácuo e freada tardia”

Depois de bater o recorde de velocidade da MotoGP com certa folga, Johann Zarco explicou o feito alcançado no TL4 do GP do Catar. E ainda mostrou confiança para a corrida deste domingo, mesmo largando na sexta posição

O sábado (27) foi de recordes da MotoGP no Catar. Além de Francesco Bagnaia marcando a melhor volta da história do circuito de Losail, Johann Zarco alcançou a maior velocidade da história da categoria, com 362,4 km/h – superando Andrea Dovizioso, em Mugello, há dois anos.

A marca foi alcançada no TL4 da MotoGP, pouco antes de Zarco marcar o sexto lugar na classificação para o GP do Catar deste domingo (28). O francês da Pramac Ducati explicou como conseguiu bater o recorde.

“Foram duas coisas: vácuo e freada tardia. Você precisa fazer os dois juntos. Pensávamos que 360 km/h era possível, mas não esperava 362 km/h. Estou feliz por isso, é um momento especial. Consigo controlar melhor a velocidade nas retas ficando atrás de outras motos, esse é o objetivo”, disse Zarco.

Johann Zarco alcançou novo recorde de velocidade da MotoGP em Losail (Foto: MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Com a sexta posição no grid, o piloto da Pramac espera um bom resultado na corrida e já traça planos, mesmo com Ducati e Yamaha mostrando mais força ao longo de todo o fim de semana e tomando o protagonismo em Losail.

“Temos uma chance de controlar os pneus durante toda a corrida, pois sexto é uma boa posição para largar. E largando bem, posso ser bem rápido nas primeiras cinco voltas. Depois, acho que todo mundo vai alcançar o ritmo, mas vamos ver como usaremos nossos pontos fortes com o motor”, afirmou.

“Teremos três Yamahas pela frente, todas com diferentes pontos fortes, então será bem interessante. Acho que consigo ir bem porque comparado ao ano passado, temos maiores possibilidade de poupar pneus”, finalizou o francês.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube