Martín brilha em meio ao caos e crava pole da MotoGP na França. Marc Márquez é 13º

Jorge Martín viveu dois momentos distintos durante o mesmo treino em Le Mans. O espanhol fez a pole e o novo recorde da pista, mas também sofreu estranho acidente. Francesco Bagnaia e Maverick Viñales fecham a primeira fila do grid

A classificação da MotoGP viu grandes momentos, surpresas e muito, muito caos. No fim, Jorge Martín ficou com a pole para o GP da França com direito a novo recorde da pista, com 1min29s919. O espanhol, porém, caiu logo depois da marca e ficou esperando os tempos dos rivais.

Francesco Bagnaia era a grande ameaça para Martín. O atual bicampeão vinha em volta rápida, pronto para tomar a pole, mas errou na volta final e também caiu, se contentando com o segundo lugar, com 1min30s111. Maverick Viñales fecha a primeira fila do grid em Le Mans.

Fabio Di Giannantonio confirmou o bom fim de semana na pista francesa e ficou com a quarta colocação, seguido pelo companheiro Marco Bezzecchi e com Aleix Espargaró na sexta colocação.

Pedro Acosta, Fabio Quartararo, Franco Morbidelli e Enea Bastianini fecham a lista dos dez primeiros no grid na França. Jack Miller e Miguel Oliveira ainda completam aqueles que participaram do Q2.

Jorge Martín ficou com mais uma pole na temporada 2024 da MotoGP (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

A grande decepção do dia ficou com Marc Márquez. O espanhol da Gresini andou no limite durante o Q1, quase sofreu uma impressionante queda e ainda foi prejudicado por bandeiras amarelas no fim, ficando apenas com o 13º lugar no grid. Brad Binder também foi uma surpresa negativa, com problemas, e larga na última posição com a KTM.

MotoGP volta a acelerar neste sábado, a partir de 10h para a corrida sprint do GP da França, em Le Mans. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Confira como foi a classificação da MotoGP em Le Mans:

TL2: Viñales brilha no fim e lidera último treino livre

O sol da manhã chegava forte em Le Mans, mas as temperaturas seguiam amenas, na casa de 18ºC no ar e 25ºC na pista, além de ventos fracos na casa de 2 km/h. Assim que a luz verde pintou, o pelotão começou a sair para as atividades do dia.

Buscando uma reabilitação, Marc Márquez logo saiu para a pista no segundo treino livre e assumiu a liderança de maneira breve, segundo superado por diversos pilotos, inclusive Jack Miller, o novo líder com 1min32s953. Jorge Martín, porém, logo estragou a festa, com 1min32s734.

Os tempos seguiram baixando e Álex Márquez tomou a ponta, com 1min31s266, seguido de perto por Francesco Bagnaia, apenas 0s049 atrás. Aleix Espargaró, Miller e Martín fechavam o top-5 em Le Mans.

Álex Márquez caiu na metade da sessão (Vídeo: MotoGP)

A primeira vítima do dia, inclusive, foi Álex Márquez. O espanhol perdeu o controle ao tocar na zebra da curva 8 e foi ao solo, mas sem grandes consequências. Instantes depois, Maverick Viñales tomou o terceiro lugar da sessão.

No meio da sessão, os pilotos passaram a testar novidades nas motos e trocaram acertos, especialmente buscando ritmo de corrida e já pensando na sprint de mais tarde. No fim, ainda houve tempo para Martín marcar 1min31s249 e liderar brevemente. Logo depois, a três minutos do fim, Enea Bastianini cravou 1min31s236 e tomou a dianteira do TL2.

Nos último minuto, Bagnaia fez 1min31s105 para liderar antes de ser destronado por Viñales, com 1min31s033. Ajustando a moto, Marc Márquez ficou com o sexto melhor tempo da sessão.

Q1: Bastianini e Oliveira avançam. Marc Márquez fica apenas em 13º

O Q1 começou e logo os pilotos saíram para a pista em busca das melhores voltas. Marc Márquez logo mostrou as garras e fez 1min30s586 e tomou a dianteira, seguido por Miguel Oliveira a 0s066.

Enquanto os outros 11 pilotos aceleravam na pista, Brad Binder ficava nos boxes com problemas em sua KTM.

Marc Márquez começou bem o Q1 (Vídeo: MotoGP)

Raúl Fernández também foi bem e saltou para terceiro, deixando Enea Vastianini apenas em quarto, com 1min30s825.

Na metade da sessão, os pilotos voltaram para os boxes para ajustes e depois retornaram para a pista com cerca de 5 minutos para o fim, inclusive com Binder tendo algumas oportunidades.

A dois minutos para o fim, Marc Márquez perdeu o ponto de frenagem na curva 2, balançou, mas evitou a queda e passou pela caixa de brita.

Bastianini esqueceu os problemas e, apesar de andar no limite e quase cair, cravou 1min30s279 e assumiu a liderança do Q1. Ao mesmo tempo, Augusto Fernández caía na curva final e dava adeus ao treino.

Marc Márquez perdeu controle e quase caiu durante o Q1 (Vídeo: MotoGP)

Ainda houve tempo para queda de Johann Zarco, um dos pilotos da casa. Bastianini ignorou os problemas e fez 1min30s233, ampliando a vantagem na frente. Quem também melhorou foi Oliveira, subindo para segundo e deixando Marc Márquez apenas em 13º no grid.

Q2: Brilho de Martín e muitos acidentes em Le Mans

O começo de Q2 foi insano, com diversas mudanças na ponta. Maverick Viñales assumiu de maneira breve, mas Jorge Martín marcou 1min30s141 e assumiu a liderança com direito a recorde da pista frances.

Francesco Bagnaia estava no ritmo para assumir a ponta, mas errou no último setor e ficou em segundo. Logo depois, o italiano foi superado por Viñales, que foi para o segundo posto.

Jorge Martín quebrou o recorde da pista francesa no Q2 (Vídeo: MotoGP)

Os tempos continuaram baixando em Le Mans. Martín fez 1min29s919, o primeiro a baixar de 1min30s na pista francesa, e ampliou a vantagem na liderança. Bagnaia foi no embalo e subiu para segundo, mas com 0s192 de diferença.

A três minutos para o fim, os pilotos retornaram a pista. Martín forçou na curva 8 e acabou escapando da pista, assim como o companheiro Franco Morbidelli, que estava logo atrás.

Na volta seguinte, mais drama para Martín. O espanhol da Pramac escorregou na curva 4 ao tentar reacelerar a moto e caiu. Instantes depois, Bagnaia estava próximo da pole, mas também foi ao solo, dessa vez na curva 9.

O caos reinou no fim do treino e ainda houve tempo para quedas de Aleix Espargaró e Jack Miller. Com isso, Martín, Bagnaia e Viñales ficaram no top-3 da sessão.

MotoGP 2024, Le Mans, GP da França, Grid de Largada:

POSMotoPilotoEquipeTempoDiff
189J MARTÍNPramac Ducati1:29.919 
21F BAGNAIADucati1:30.111+0.192
312M VIÑALESAprilia1:30.313+0.394
449F DI GIANNANTONIOVR461:30.436+0.517
572M BEZZECCHIVR461:30.553+0.634
641A ESPARGARÓAprilia1:30.572+0.653
731P ACOSTAGasGas1:30.650+0.731
820F QUARTARAROYamaha1:30.686+0.767
921F MORBIDELLIPramac Ducati1:30.782+0.863
1023E BASTIANINIDucati1:30.786+0.867
1143J MILLERKTM1:31.007+1.088
1288M OLIVEIRATrackhouse Aprilia1:31.075+1.156
1393M MÁRQUEZGresini Ducati1:30.586+0.667
1425R FERNÁNDEZTrackhouse Aprilia1:30.676+0.757
155J ZARCOLCR Honda1:30.891+0.972
1642A RINSYamaha1:31.067+1.148
1773A MÁRQUEZGresini Ducati1:31.148+1.229
1836J MIRHonda1:31.186+1.267
1930T NAKAGAMILCR Honda1:31.274+1.355
2037A FERNÁNDEZGasGas1:31.473+1.554
2110L MARINIHonda1:31.837+1.918
2233B BINDERKTM1:32.228+2.309
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.