Kent destrói tempo de McPhee e conquista quinta pole do ano em Phillip Island. Rival pelo título da Moto3, Bastianini é 29º

Danny Kent detonou o tempo de John McPhee já com a bandeira quadriculada tremulando em Phillip Island e conquistou a quinta pole da temporada 2015 da Moto3. Miguel Oliveira completa a primeira fila do grid

A cobertura completa do GP da Austrália no GRANDE PRÊMIO

Danny Kent vai começar a corrida mais importante da carreira na melhor posição possível. Com chances de conquistar o título de 2015 da Moto3 já neste fim de semana, o britânico detonou o tempo de John McPhee na volta final deste sábado (17) e assegurou a pole-position em Phillip Island.

 
No derradeira de suas 16 voltas, o #52 cravou 1min36s180 e bateu McPhee pela pole por 0s360. Até então, os dois estavam separados por 0s003, como titular do Team Germany em vantagem.
 
Já 0s426 mais lento que o líder, Miguel Oliveira conquistou o terceiro posto. O português ainda tem chances matemáticas de título, mas a situação não lhe é nada favorável.
Danny Kent cravou a melhor volta em Phillip Island (Foto: Kiefer)
Éfren Vázquez aparece na sequência para abrir a segunda linha do grid, à frente de Jorge Navarro e Romano Fenati.
 
Com 1min36s942, Livio Loi surpreendeu e conquistou o sétimo posto, seguido pela igualmente surpreendente María Herrera, que larga em oitava. Jakub Kornfeil e Brad Binder completam o top-10.
 
Rival de Kent na luta pelo título, Enea Bastianini não fez um bom treino e vai largar em 29º. O italiano foi 1s517 mais lento que o piloto da Kiefer.

Embora tenha marcado o melhor tempo, Kent não vai sair na pole em Phillip Island, uma vez que foi punido pela direção de prova do Mundial e perdeu seis posições no grid. Assim, o #52 vai largar em sétimo, com John McPhee saindo na ponta. 

Além do titular da Kiefer, Andrea Locatelli, María Herrera, Joan Mir e Remy Gardner também foram punidos por direção irresponsável.

Saiba como foi o treino classificatório da Moto3 em Phillip Island:
 
Depois de uma manhã de céu nublado, o tempo abriu em Phillip Island e a presença do sol elevou as temperaturas. Quando os pilotos partiram para a pista para o treino classificatório da Moto3, os termômetros marcavam 16°C, com o asfalto chegando a 34°C. A velocidade dos ventos estava em 19 km/h.
 
Com a pista em ótimas condições, os pilotos não tardaram a entrar na pista para dar início aos 40 minutos de treino classificatório. 
 
Após mostrar bom ritmo no terceiro treino livre, John McPhee abriu a sessão classificatória em boa forma, se instalando no topo da tabela logo no início do exercício. Brad Binder vinha em segundo, à frente de Romano Fenati.
 
Karel Hanika conseguiu baixar para 1min37s169 e saltou para o segundo posto, 0s255 atrás do líder. Binder caiu para terceiro, à frente de Danny Kent, Fenati e Miguel Oliveira.
 
Ainda nos primeiros instantes da sessão, Remy Gardner sofreu uma queda na Siberia, mas apesar de não se machucado, o australiano não escondeu sua irritação. Niccolò Antonelli e Francesco Bagnaia, possivelmente quem iniciou a confusão, também estiveram envolvidos no acidente.
 
Com o primeiro terço da sessão completo, os pilotos foram aos boxes pela primeira vez. John McPhee liderava a disputa, 0s132 à frente de Jakub Kornfeil. Hanika vinha em terceiro, com Binder, Kent, Fenati, Oliveira, Éfren Vázquez, Enea Bastianini e Joan Mir completando o top-10.
De volta à pista, Navarro baixou sua marca para 1min36s757 e assumiu a pole provisória, abrindo 0s157 de vantagem para McPhee. Kornfeil era o terceiro, seguido por Oliveira e Binder.
 
Substituindo o lesionado Hiroki Ono, Joan Mir vinha fazendo um bom trabalho. Seguindo Vázquez e Kent, seus companheiros de Kiefer, o espanhol anotou 1min37s212 e saltou para o nono posto, 0s455 atrás do líder.
 
Com cerca de 15 minutos para o fim da sessão, Brad Binder parou na curva Casey Stoner com um problema mecânico na RC250GP #41. 
 
Antes do ataque final à pole-position, os pilotos foram para os boxes uma última vez. Navarro seguia no topo da tabela, à frente de McPhee, Kornfeil, Oliveira, Binder, Isaac Viñales, Hanika, Guevara, Mir e Kent.

Depois de alguns minutos ajustando as motos, os pilotos voltaram em massa para o ‘happy hour’ dos minutos finais da classificação. Rapidamente, Kornfeil baixou seu tempo de volta, mas não o bastante para alterar sua terceira colocação.
 
Navarro conseguiu o mesmo feito e levou a marca da pole provisória para 1min36s705, abrindo 0s209 de margem para McPhee. 
 
Com o retorno da moto aos boxes, a Red Bull KTM Ajo tentou colocar a KTM de Binder para funcionar, mas não teve sucesso. Assim, o piloto perdeu os minutos mais importantes da sessão.
 
Pouco depois, Fenati saltou para a segunda colocação, mas caiu para terceiro com Kent assumindo a ponta. Quase que imediatamente, McPhee registrou 1min36s540 e tomou a primeira colocação, 0s003 à frente de Danny. Navarro era agora o terceiro, seguido por Oliveira, Fenati e Kornfeil.
 
Bem posicionada na pista María Herrera registrou 1min36s960 e saltou para o sétimo posto, 0s420 atrás de McPhee e apenas 0s018 atrás de Livio Loi, que vinha na posição da frente.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando em Phillip Island, Kent cravou 1min36s180 e tomou a pole de McPhee por uma diferença de 0s360. Oliveira completa a primeira fila.

Moto3, GP da Austrália, Phillip Island, Classificação:

 
1
17
JOHN McPHEE
ING
RTG Honda
1:36.540
 
 
2
44
MIGUEL OLIVEIRA
POR
RED BULL KTM AJO
1:36.606
+0.066
 
3
7
ÉFREN VÁZQUEZ
ESP
KIEFER Honda
1:36.693
+0.153
 
4
9
JORGE NAVARRO
ESP
ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda
1:36.705
+0.165
 
5
5
ROMANO FENATI
ITA
VR46 KTM
1:36.822
+0.282
 
6
11
LIVIO LOI
BEL
RW Kalex KTM
1:36.942
+0.402
 
7
52
DANNY KENT
ING
KIEFER Honda
1:36.180
######
6
8
84
JAKUB KORNFEIL
TCH
SEPANG KTM
1:37.011
+0.471
 
9
41
BRAD BINDER
RSA
RED BULL KTM AJO
1:37.134
+0.594
 
10
32
ISAAC VIÑALES
ESP
RBA KTM
1:37.162
+0.622
 
11
6
MARÍA HERRERA
ESP
HUSQVARNA LAGLISSE
1:36.960
+0.420
3
12
98
KAREL HANIKA
TCH
RED BULL KTM AJO
1:37.169
+0.629
 
13
58
JUANFRAN GUEVARA
ESP
ASPAR Mahindra
1:37.176
+0.636
 
14
63
ZULFAHMI KHAIRUDDIN
MAL
SEPANG KTM
1:37.193
+0.653
 
15
29
STEFANO MANZI
ITA
TEAM ITALIA Mahindra
1:37.224
+0.684
 
16
23
NICCOLÒ ANTONELLI
ITA
ONGETTA Honda
1:37.282
+0.742
 
17
10
ALEXIS MASBOU
FRA
RTG Honda
1:37.344
+0.804
 
18
36
JOAN MIR
ESP
KIEFER Honda
1:37.212
+0.672
3
19
88
JORGE MARTÍN
ESP
ASPAR Mahindra
1:37.480
+0.940
 
20
95
JULES DANILO
FRA
ONGETTA Honda
1:37.495
+0.955
 
21
48
LORENZO DALLA PORTA
ITA
HUSQVARNA LAGLISSE
1:37.513
+0.973
 
22
20
FABIO QUARTARARO
FRA
ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda
1:37.429
+0.889
 
23
19
ALESSANDRO TONUCCI
ITA
AMBROGIO  Mahindra
1:37.538
+0.998
 
24
65
PHILIPP OETTL
ALE
SCHEDL GP KTM
1:37.571
+1.031
 
25
40
DARRYN BINDER
RSA
AMBROGIO Mahindra
1:37.635
+1.095
 
26
91
GABRIEL RODRIGO
ARG
RBA KTM
1:37.644
+1.104
 
27
24
TATSUKI SUZUKI
JAP
CIP Mahindra
1:37.646
+1.106
 
28
33
ENEA BASTIANINI
ITA
GRESINI Honda
1:37.697
+1.157
 
29
2
REMY GARDNER
AUS
CIP Mahindra
1:37.644
+1.104
3
30
21
FRANCESCO BAGNAIA
ITA
ASPAR Mahindra
1:37.800
+1.260
 
31
16
ANDREA MIGNO
ITA
VR46 KTM
1:37.806
+1.266
 
32
22
ANA CARRASCO
ESP
RBA KTM
1:38.378
+1.838
 
33
96
MANUEL PAGLIANI
ITA
TEAM ITALIA Mahindra
1:38.503
+1.963
 
34
35
OLLY SIMPSON
AUS
OLLY SIMPSON RACING KTM
1:39.201
+2.661
 
35
55
ANDREA LOCATELLI
ITA
GRESINI Honda
1:38.242
+1.702
3
36
14
MATT BARTON
AUS
SUUS Honda
1:42.588
+6.048
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
JACK MILLER
AUS
RED BULL KTM AJO
1:36.202
166.2 km/h
 
MELHOR VOLTA
ÁLEX MÁRQUEZ
ESP
ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda
1:36.050
166.7 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 16ºC | pista: 33ºC
 

#GALERIA(5479)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube