Lesionado em queda em Sepang, Rabat desfalca Marc VDS no segundo teste coletivo da pré-temporada da MotoGP

Tito Rabat foi vetado para participar do teste coletivo de Phillip Island por conta das lesões sofridas em um forte tombo nos treinos em Sepang. Espanhol ainda não recuperou a mobilidade do joelho esquerdo, lacerado na queda na Malásia

 

Tito Rabat vai desfalcar a Marc VDS na segunda bateria de testes coletivos da pré-temporada 2017 da MotoGP. Ainda se recuperando das lesões sofridas durante os treinos na Malásia, o espanhol teve sua participação nos três dias de exercícios em Phillip Islnad vetada.

 
Tito Rabat  vai desfalcar a Marc VDS na Austrália (Foto: Marc VDS)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Entretanto, é uma laceração severa no joelho esquerdo que mantém o piloto fora da pista. Em uma cirurgia, os médicos conseguiram fechar a ferida sem recorrer à um enxerto de pelo, mas nem mesmo um programa intenso de fisioterapia permitiu que Rabat recuperasse mobilidade o bastante para entrar na pista na Austrália.
 
Assim, Rabat segue tentando se recuperar para a próxima bateria de testes, que começa no dia 10 de março, no Catar, enquanto Jack Miller conduz sozinho os trabalhos da Marc VDS nesta semana.
 
“Tito trabalhou duro para estar em forma para o teste de Phillip Island, depois de sofrer lesões bem debilitantes na Malásia”, disse Michael Bartholemy, chefe da Marc VDS. “Apesar de as fraturas terem calcificado bem e não o impedirem de pilotar em Phillip Island, a lesão no joelho é uma história diferente. Apesar da intensa fisioterapia, ele ainda não tem a extensão necessária na junta e arrisca arrebentar os pontos — com o risco associado de infecção — se participar do teste”, seguiu.
 
“Foi por isso que tomamos a decisão, junto com Tito, de dar a ele mais tempo para se recuperar antes do teste do Catar, ao invés de arriscar tudo para ganhar pouca coisa com ele pilotando lesionado na Austrália”, justificou. “Esta é a decisão certa para ele e para o time”, concluiu.
PADDOCK GP #64 RECEBE FELIPE GIAFFONE E DEBATE CRISE NA F-TRUCK

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube