Lorenzo diz ter um dos melhores ritmos do grid e explica que dedicou dia ao trabalho com pneus

Segundo colocado no primeiro dia de treinos na Catalunha, Jorge Lorenzo afirmou que tem um dos melhores ritmos do grid da MotoGP. Espanhol explicou que dedicou dia ao trabalho com pneus

As imagens da sexta-feira no Mundial de Motovelocidade na Catalunha
Acompanhe a cobertura do GP da Catalunha no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Jorge Lorenzo fechou o primeiro dia de treinos na segunda colocação da tabela de tempos. O bicampeão da MotoGP anotou 1min42s346 em seu melhor giro e foi 0s049 mais lento que Valentino Rossi, que liderou um treino oficial pela primeira vez na temporada 2013.
Lorenzo afirmou que a Yamaha tem um bom ritmo em Montmeló (Foto: Yamaha)

A galeria exclusiva do GP da Catalunha, por Xavi Bonilla

Apesar de ter sido superado por seu companheiro de equipe, Lorenzo se mostrou satisfeito com o ritmo apresentado pela M1 e contou que dedicou o dia ao trabalho com os pneus. O espanhol tem se queixado do desempenho da Yamaha no forte calor e teve de encarar nesta sexta-feira (14) um asfalto que beirava os 50°C.
 
“Nós começamos muito bem, mas testamos dois acertos que não funcionaram tão bem”, falou. “Ficamos com os mesmos pneus durante todo o treino para entender porque eles estão se desgastando neste clima, para que possamos resolver este problema, que eu acho que todos os pilotos estão tendo”, continuou. 
 
“Temos de tentar melhorar a moto para que eu possa ter mais confiança, aí poderei ficar no meio da marca de 42s, que é a minha meta”, ponderou. “Não focamos tanto na classificação porque nem todos os pilotos ficaram com os mesmos pneus durante o treino. Um novo pneu pode te dar meio segundo ou mais. Temos de confiar no ritmo e ele é bom, um dos melhores do grid”, encerrou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube