Lorenzo evita falar de Ducati, mas admite dúvidas sobre “vida e futuro”

De volta ao paddock da MotoGP, Jorge Lorenzo evitou falar sobre a Ducati, mas reforçou seu comprometimento com a Honda. O piloto de Palma de Maiorca, no entanto, admitiu que teve dúvidas sobre sua vida e seu futuro

Jorge Lorenzo foi bombardeado de perguntas nesta quinta-feira (22). De volta ao paddock do Mundial pela primeira vez desde Assen, o #99 admitiu que teve dúvidas sobre seu futuro, mas evitou falar dos rumores sobre uma aproximação com a Ducati.
 
Até aqui, o primeiro ano de Lorenzo com a Honda tem sido de muitas dificuldades. Nas sete corridas que disputou com a RC213V, o #99 fez sua melhor apresentação na França, quando largou em oitavo e recebeu a bandeirada em 11º. Assim, Jorge ocupa a 19ª colocação na tabela, 211 pontos atrás do líder Marc Márquez.
 
Jorge Lorenzo (Foto: Repsol)
Em uma coletiva em Silverstone, Lorenzo admitiu que teve dúvidas sobre o futuro, mas relacionou seus pensamentos à difícil recuperação.
 
“Só posso dizer que, obviamente, como um ser humano, depois de duas duras e grandes quedas, especialmente a última em Assen ― vocês não viram a minha queda em Montmeló, mas foi enorme e acho que isso criou um pouco do problema que tive em Assen, porque eu não estava completamente curado na minha vértebra depois da queda no teste de Montmeló. Depois de uma grande queda, que nunca sofri na minha carreira, quando você fala de lesões na coluna, você pensa que é sério”, comentou Lorenzo. “Honestamente, eu comecei a ter dúvidas. Dúvidas sobre a minha vida, sobre a minha carreira. Acho que isso é humano, é normal ter esse tipo de dúvidas”, seguiu. 
 
“Quando comecei a me sentir melhor e mais recuperado, essas dúvidas começaram a desaparecer e o compromisso e o desafio que eu decidi encara a mais ou menos um ano, eu mais uma vez comecei a ficar convencido disso, o desafio de ser competitivo também com a uma moto da Honda na MotoGP, poder vencer com eles pelo menos alguma corrida, poder vencer com três motos, algo que nenhum piloto coseguiu no momento na MotoGP. Isso me dá ilusão”, sublinhou. “Me recuperando, me sentindo melhor e sabendo que essa lesão não vai criar problemas na minha saúde no futuro, eu reforcei meu comprometimento com esse desafio e liguei para Alberto e a Honda e disse a eles que eu queria me manter totalmente comprometido com o desafio”, relatou.
 
Questionado diretamente sobre um contato com a Ducati, Lorenzo respondeu: “Tiveram muitos rumores sobre isso, ainda que eu não estivesse lá. Eu nunca disse nada, pois sabia que tinha dois anos de contrato com a Honda. Como a situação ficou em incomum e os rumores eram muitos, decidi ligar para Alberto [Puig, chefe da Honda] para dizer para ele que eu queria manter o meu compromisso com a fábrica”. 
 
Pressionado sobre o contato com a casa de Bolonha, Jorge respondeu: “Eu estou aqui para falar sobre o futuro”. 
 
“Eu já disse o que senti quando tive a queda e quais eram as minhas sensações quando o processo de recuperação acelerou durante essas semanas”. 
 
Por fim, o #99 foi indagado se a decisão de manter seu compromisso com a fábrica da asa dourada é válida também para 2020.
 
“Sim, porquê não? Eu tenho um contrato de dois anos. Nós tivemos dificuldades até agora, mas assinei um contrato de dois anos e gostaria de ter resultados com esta moto, como fiz com o resto das motos que guiei por 17 anos”, concluiu.
 

O GP da Grã-Bretanha de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Previsão do tempo para Silverstone
GP da Grã-Bretanha Silverstone

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube