Lorenzo prega cautela no GP da Argentina para total recuperação: “É muito importante não cair novamente”

Jorge Lorenzo pretende não aumentar sua lista de lesões na Argentina. Ainda se recuperando de fraturas no punho esquerdo e costela direita, o espanhol afirmou que vai pilotar com cautela na prova para não sofrer uma nova queda

Jorge Lorenzo vai estar mais cuidadoso para a corrida na Argentina. Ainda se recuperando de duas lesões, o espanhol afirmou que vai ser cauteloso para não se envolver em um novo acidente para conseguir ficar 100% em sua forma física.
 
No GP do Catar, abertura do campeonato, o titular da Honda lidava com uma lesão em seu punho esquerdo, sofrida em um treino durante o inverno. Então, durante o final de semana, levou outros dois tombos, um resultando em uma fratura na primeira costela direita.
 
Por isso, o tricampeão quer evitar novos acidentes para não aumentar a lista. “Com certeza, vou tentar não cair novamente. Pois calculo mais uma, duas corridas para estar completamente em forma”, afirmou.
Jorge Lorenzo (Foto: Repsol)

“Então é importante, muito importante não cair novamente. Provavelmente vou precisar ter uma margem extra de segurança, mas obviamente gostaria de ter o melhor resultado possível” seguiu.
 

Lorenzo admitiu também que sentiu dor na costela “quando freava, quando mudava de direção”, e completou afirmando que “com certeza, os remédios para dor ajudar muito, mas não completamente.”
 
Jorge seguiu dizendo que ainda “sente um pouco de dor” por conta das lesões, mas reconheceu que tem melhorado cada dia mais. “Sobre o punho, estou melhor do que no Catar. É uma recuperação longa, não posso fazer flexões, pois a pressão no punho ainda é dolorosa.”
 
“Mas acho que na moto vou me sentir melhor do que no Catar, isso não me incomoda tanto quando estou na moto”, encerrou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube