Lorenzo revela problema com acerto antes da classificação e avalia: “Yamaha funciona nesta pista”

Na pole para o GP do Catar, Jorge Lorenzo afirmou que teve um problema com o acerto da moto pouco antes da sessão que definiu o grid de largada. Bicampeão afirmou que largada será importante e ressaltou que a Yamaha funciona bem em Losail

As imagens do terceiro dia de treinos para o GP do Catar

Sempre consistente, Jorge Lorenzo conseguiu superar o ímpeto de Cal Crutchlow e garantiu a pole-position para o GP do Catar, a 26ª de sua carreira na MotoGP. Neste sábado (7), o espanhol cravou 1min54s714 em seu melhor giro, superando o britânico da Tech3 por 0s202. 
 
“Estou realmente feliz. Por três ou quatro voltas, nós fomos ao limite”, afirmou. “Eu sabia que Cal estava realmente rápido em uma volta, então tive de forçar o máximo. Estou muito feliz com esta pole-position. O importante é que a Yamaha funciona aqui nesta pista”, reforçou o bicampeão. 
Lorenzo destacou ritmo de Crutchlow no circuito do Catar (Foto: Yamaha)
Depois de provar pela primeira vez o novo formato do treino classificatório, Jorge avaliou que a nova fórmula é boa para os fãs, mas reconheceu que deixa os pilotos mais nervosos, já que o tempo é menor. 
 
“Acho que a primeira vez do novo formato de classificação foi muito positiva e para os fãs foi bom de assistir”, comentou. “Para os pilotos, você fica um pouco mais nervoso e tem menos tempo para fazer uma volta rápida”, ponderou. 
 
Ainda, Lorenzo contou que teve um problema com o acerto da M1 pouco antes da sessão que definiu o grid, mas afirmou que está confiante para a etapa deste domingo.
 
“Eu sabia que era competitivo, mas dez minutos antes da classificação nós tivemos um problema com o set-up da moto, então foi mais difícil fazer o tempo. Tivemos de mudar para o acerto de ontem”, disse. “O importante é fazer uma boa largada amanhã. Nas últimas simulações que fiz foram melhores do que ontem, então estou confiante. Se tiver problemas nas primeiras voltas, temos de ser pacientes e esperar pela metade da corrida”, completou o piloto de Palma de Mallorca.
Coluna Wild Card, por Juliana Tesser: Enfim, Catar

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube