Marc Márquez diz que “não decidirá” futuro no Japão, mas avisa: “Sei o que quero”

Marc Márquez decidiu adiar sua decisão sobre o futuro na MotoGP com a Honda, mas avisou que sabe do que precisa e o que busca na classe rainha

Marc Márquez deu indícios de que vai adiar a decisão final sobre seu futuro na MotoGP para depois do GP do Japão. De acordo com a emissora Sky Italia, Marc Márquez já se decidiu e vai mesmo para a Gresini Ducati no ano que vem, correndo ao lado do irmão Álex. O problema, porém, é resolver a atual questão contratual com a Honda, já que possui acordo com a montadora até o fim da próxima temporada.

“Não vou comunicar a minha escolha em Motegi, porque lá terei que estar 100% concentrado na pista. Dou 100% na pista e continuarei a dar o meu melhor enquanto pilotar uma Honda, porque ela me deu muito. Já fizemos muitas reuniões, o importante é que estejam buscando uma solução para fazer um projeto melhor”, disse ele à Sky Italia após a etapa em Buddh.

Relacionadas


:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Marc Márquez (Foto: Repsol)

“Ninguém está dentro da minha cabeça. Já disse no teste de Misano que apenas uma, duas ou três pessoas ao meu redor sabem o que estou pensando [para o próximo ano]. Eu sei o que preciso, o que quero”, encerrou.

Em entrevista à emissora Sky, Michele Masini, diretor-esportivo da Gresini, foi questionado sobre a negociação com Márquez.

“Nós buscamos contratar o piloto mais forte. O objetivo de qualquer dirigente é tentar o piloto que entregue a melhor performance entre várias opções”, afirmou.

Davide Tardozzi, chefe da equipe de fábrica da Ducati, também comentou sobre o assunto. “A Gresini tem o direito de escolher o melhor piloto disponível e acredito que, se o Marc quiser, eles têm o direito e a obrigação de considerá-lo”, disse o italiano.

Caso a mudança de equipe seja confirmada, Marc Márquez terá a oportunidade de correr com uma Desmosedici 2024, a versão mais atualizada da Ducati, a partir do próximo ano.

MotoGP retoma as atividades no fim de semana do dia 1º de outubro, com o GP do Japão, a ser disputado em Motegi. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.