Marc Márquez passa por nova cirurgia no braço direito e vira dúvida para GP da Tchéquia

13 dias após operar o braço direito, Marc Márquez precisou de novo procedimento cirúrgico para troca na placa de titânio, danificada por acumulo de estresse. Participação do piloto da Honda em Brno vira dúvida

Marc Márquez passou pelo segundo procedimento cirúrgico no braço direito. A Honda divulgou um comunicado nesta segunda-feira (3) informando sobre a nova operação no piloto espanhol. Com isso, a participação do campeão no GP da Tchéquia fica ameaçada.

Segundo a nota, a placa de titânio utilizada para recuperação do úmero sofreu danos por conta do acumulo de estresse. A cirurgia foi realizada com sucesso no Hospital Universitário Dexeus, em Barcelona. O piloto permanecerá em observação por 48 horas.

Marc Márquez tentou, mas não correu em Jerez (Foto: Repsol)

“Marc Márquez passou por cirurgia 13 dias atrás, e hoje retornou para a sala de operações. A primeira foi um sucesso, mas o que não era esperado que a placa não fosse suficiente. Um acumulo de estresse na área danificou a placa, que foi removida e substituída por outra. O piloto não sofreu dor, sempre seguiu o protocolo médico a respeito do corpo. Precisamos esperar 48 horas para descobrir o tempo de recuperação”, declarou o Dr. Xavier Mir, que performou as duas operações.

Márquez lesionou o úmero do braço direito após uma queda durante o GP da Espanha, disputado no dia 19 de julho. Após passar pela primeira cirurgia no dia 21, tentou o retorno na semana seguinte, no GP da Andaluzia, disputado no mesmo circuito de Jerez, onde se lesionou, mas acabou desistindo de disputar a corrida ainda no sábado ao sentir dores.

Após o primeiro procedimento cirúrgico, o Dr. Xavier Mir comentou que a tentativa de retorno era no GP da Tchéquia, que acontece no próximo dia 9, em Brno. A Honda não informou sobre o possível retorno.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube