Marini termina como mais rápido primeiro dia de treinos da Moto2 na Espanha

O italiano da VR46 anotou o melhor tempo em ambos os treinos livres realizados na sexta-feira, em Jerez. Com o tempo de 1min41s410, fechou como o mais veloz, com Jorge Navarro e Marco Bezzecchi aparecendo logo na sequência

LEIA TAMBÉM
A culpa é do gado? Iannone alega que doping foi por carne contaminada

O circuito de Jerez foi palco dos primeiros treinos livres da Moto2. Nesta sexta-feira (17), a classe intermediária do Mundial de Motovelocidade realizou duas sessões de ensaio e com Luca Marini liderando ambas as atividades.

O italiano da VR46 tratou de anotar 1min41s410 ainda na parte da manhã espanhola para ficar no topo da tabela como o mais rápido do dia. Quem apareceu na sequência foi Jorge Navarro, com Marco Bezzecchi, o atual líder Tetsuta Nagashima e Marcel Schrotter fechando o top-5.

Saiba como foi o TL1 da Moto2 na Espanha

No primeiro ensaio do dia, o cronômetro começou a rodar e logo os pilotos deixaram os boxes. O primeiro a figurar na primeira colocação foi Joe Robertos, mas Tatsuta Nagashima logo tratou de superá-lo e pular para frente.

Com cinco minutos de treino completado, a ordem na tabla de tempos era o japonês seguido por Thom Lüthi, Lorenzo Baldassarri, Chantra e Xavi Vierge vindo para completar o grupo dos cinco mais rápidos do momento.

Stefano Manzi protagonizou a primeira queda da atividade. O piloto caiu na curva três e saiu sem grandes problemas da cena da queda. Entretanto, em imagens posteriores, foi possível ver que sua moto ficou completamente destruída.

Na segunda metade do treino, com os pilotos já tendo parado para a primeira rodada de pits, a ordem havia mudado, com Marco Bezzecchi tomando a ponta. O italiano era seguido por Luca Marini, Nagashima, Sam Lowes e Jorge Martín.

Com a bandeira quadriculada apenas a seis minutos de distância, o tempo a ser batido era de Jorge Navarro. Em sua 14ª volta na sessão, o espanhol anotou 1min41s458, mas foi superado por Marini que fez 1min41s410.

Mais uma queda foi registrada na reta final do treino em Jerez. Lüthi levou um tombo na curva 1 após sua moto balançar. Apesar de ter acertado o chão com força, não sofreu nada.

Sessão encerrada na Espanha e Luca foi quem ficou com o melhor tempo. Navarro, Bezzecchi, Nagashima e Marcel Schrotter completaram os cinco primeiros.

Saiba como foi o TL2 da Moto2 na Espanha

O segundo treino da Moto2 recebeu luz verde e os pilotos logo deixaram as garagens quando o cronômetro começou a rodar.  Após os primeiros giros, Luca se estabeleceu na ponta com 1min42s316, tempo ainda mais alto que na parte da manhã. Bezzecchi e Baldassarri vinham na sequência.

O treino atingiu a marca de 20 minutos, portanto, a metade de sua duração. A maior parte dos competidores estava nos boxes e o tempo a ser batido ainda era de Marini, que baixou para 1min42s228. Nagashima, Navarro, Schrotter e Bezzecchi estavam separados por 0s308 e fechando o top-5.

Com o passar do tempo, as coisas seguiam bastante próximas na tabela. Apesar de os pilotos não conseguirem bater a marca do italiano #10, os 17 primeiros competidores estavam separados por apenas 1s079.

Na reta final, Marini seguia na ponta. Bezzechi era o segundo, com Nagashima, Aron Canet, Lowes, Navarro, Schrotter, Bastianini, Baldassarri e Hafizh Syahrin completando os dez mais velozes. Bandeira quadriculada e a sessão terminou desta maneira.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Espanha, segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube