Márquez comanda 1-2 da Honda no terceiro treino em Barcelona. Dupla da Yamaha fica sem vaga direto no Q2

Marc Márquez liderou uma dobradinha da Honda no terceiro treino livre em Montmeló com 0s101 de vantagem para Dani Pedrosa. Álvaro Bautista ficou em terceiro. 13º e 15º, Maverick Viñales e Valentino Rossi ficaram sem vaga direto no Q2, a fase final da classificação da MotoGP

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Marc Márquez segue seu reinado em Montmeló. Apesar da mudança no traçado, o espanhol mostrou bom ritmo neste sábado (10) e liderou uma dobradinha da Honda na terceira sessão de treinos livres na Catalunha.
 
Depois de a nova chicane ter sido considerada perigosa, o Mundial de Motovelocidade decidiu reverter para o traçado do ano passado, usando a chicane da F1. Ainda assim, Márquez conseguiu se manter a frente e estabeleceu 1min44s178 como melhor marca nesta manhã.
 
0s101 mais lento que o companheiro de equipe, Pedrosa ficou em segundo, 0s116 à frente de Álvaro Bautista, que colocou a Aspar no terceiro posto da tabela de tempos.
Marc Márquez cravou o melhor tempo em Montmeló (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Apenas 0s231 mais lento que Márquez, Aleix Espargaró colocou a Aprilia na quarta posição, na frente de Andrea Dovizioso, o quinto colocado. 0s008 atrás do parceiro de Ducati, Jorge Lorenzo fecha o top-6.
 
Andrea Iannone cravou 1min44s656 e ficou com o sétimo tempo, à rente de Scott Redding, Danilo Petrucci e Héctor Barberá.
 
Com a mudança no layout, os tempos de sexta-feira foram anulados, o que fez com que as vagas de Q1 e Q2 fossem definidas apenas pela performance nesta manhã. Assim, a dupla da Yamaha terá de passar pela primeira metade da classificação.
 
Líder do Mundial, Maverick Viñales fez sua melhor volta em 1min44s889 e ficou em 13º. Valentino Rossi, por sua vez, foi 0s875 mais lento que o líder e acabou em 15º, à frente de Johann Zarco.
 
Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP na Catalunha:
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Diferente de sábado, quando os pilotos da MotoGP iniciaram os trabalhos em Montmeló com pneus de chuva, a manhã de sábado começou com sol e pista seca. Na hora do terceiro treino livre da classe rainha, os termômetros marcavam 26°C, com o asfalto chegando a 32°C. A velocidade do vento era de 6 km/h.
 
Ao contrário do que normalmente acontece, o TL3 não seria uma batalha em termos de resultados combinados. Com a modificação do traçado após a nova chicane ser classificada como perigosa, os tempos foram zerados e a divisão entre Q1 e Q2 seria feita apenas com base nos resultados desta tarde.
 
Andrea Iannone abriu a sessão na ponta, mas Marc Márquez logo se instalou no comando da atividade, à frente de Álvaro Bautista e Scott Redding. Maverick Viñales era nono, com Valentino Rossi em 12º.
 
Ainda nos minutos iniciais, Márquez sofreu uma queda na curva 10, mas não se machucou e logo levantou para voltar para a pista. Logo em seguida, Bautista caiu no mesmo ponto do traçado catalão.
 
Marc, no entanto, não teve sucesso na sequência do treino e acabou tendo de voltar a pé aos boxes depois de não conseguir religar a RC213V.
 
Enquanto isso, Pedrosa saltou para o segundo posto, 0s081 mais lento que o companheiro de Honda. Folger era agora terceiro, à frente de Folger, Bautista e Redding.
Passados os primeiros 15 minutos de sessão, os boxes ficaram mais agitados. Ainda líder, Márquez voltou para a pista com a moto reserva e ainda tinha 0s081 de margem para Pedrosa.
 
Pouco depois, porém, Aleix Espargaró colocou a Aprilia na frente com um giro em 1min45s198, 0s007 melhor que o tempo do #93.
 
No caminho para os boxes, Danilo Petrucci e Karel Abraham tiveram um entrevero, o que deixou o piloto da Pramac um tanto irritado. Os dois acabaram se tocando quando o piloto da Aspar cortou a linha do italiano, mas o tcheco se desculpou tão logo os dois entraram no pit-lane.
Instantes mais tarde, Márquez baixou sua marca para 1min45s087 e retomou a ponta. O espanhol, que tinha um pneu duro na frente e um médio na traseira da RC21#V, abriu 0s111 de vantagem para Aleix, o segundo colocado. Pedrosa era o terceiro.
 
Sofrendo com vibrações ao usar o pneu duro na frente, Viñales calçou um par de pneus médios e anotou 1min45s089, saltando para o segundo posto, apenas 0s002 atrás do líder Márquez. Rossi, por sua vez, vinha em décimo, 0s084 à frente de Rabat.
 
Com pouco menos de 20 minutos para o fim, Johann Zarco sofreu uma queda na curva nove, mas logo levantou e saiu correndo para voltar aos boxes da Tech3. O francês tinha o 14º tempo, 0s870 atrás do líder.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Com 15 minutos para o fim da sessão, os pilotos partiram para a derradeira parada nos boxes. Márquez tinha a liderança, marginalmente à frente de Viñales, o segundo colocado. Aleix, Pedrosa, Folger, Bautista, Redding, Iannone, Dovizioso e Rossi completavam o top-10.
 
Pouco antes de parar, Baz cravou 1min45s539 e passou Rossi por 0s177 pelo décimo posto.
 
Na sequência, Bautista e seu par de pneus macios chegaram a 1min44s594, assumindo a ponta com 0s493 de margem para Márquez. Não satisfeito, Álvaro tentou melhorar ainda mais no giro seguinte, mas perdeu tempo na parcial final de Montmeló.
 
Mais atrás, Dovizioso também melhorou e assumiu o oitavo posto, 0s768 atrás do líder. Redding aparecia na sequência.
 
Aleix Espargaró também conseguiu ser mais rápido e avançou para o segundo posto, 0s263 atrás de Bautista. No giro seguinte, o catalão foi impecável na metade final do circuito de Barcelona e assumiu a ponta, abrindo 0s007 de margem para Álvaro. Redding também tinha avançado e agora era o quinto, à frente de Crutchlow.
 
Com pouco mais de cinco minutos para o fim, Rossi voltou aos boxes uma última vez. O italiano tinha o 12º tempo, 1s129 atrás de Aleix, que seguia na ponta.
 
Nesse meio tempo, Pedrosa baixou para 1min44s856 e subiu para a terceira colocação, 0s269 atrás de Aleix. Viñales também melhorou e passou Márquez pelo quarto posto.
 
Marc reagiu e avançou ao terceiro posto, 0s058 mais rápido que Petrucci, o novo quarto colocado.
Nenhuma Yamaha avançou direto ao Q2 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Com 1min44s279, Pedrosa assumiu o comando dos trabalhos, 0s308 à frente de Aleix. Bautista era terceiro, à frente de Márquez, Lorenzo e Petrucci.
 
Márquez, então, anotou 1min44s178 e passou Pedrosa pela liderança, abrindo 0s101 de vantagem para o companheiro de Honda. Iannone também melhorou e vinha em sexto. Mais atrás, Rossi subiu para 14º e tinha tempo para um último giro.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando em Montmeló, ninguém superou a marca de Márquez, que ficou com a liderança da sessão, 0s101 à frente de Pedrosa.
 

#GALERIA(7067)

MotoGP, GP da Catalunha, Montmeló, Terceiro treino livre:

1 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:44.178  
2 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 1:44.279 +0.101
3 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP ASPAR DUCATI 1:44.395 +0.217
4 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP APRILIA 1:44.409 +0.231
5 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 1:44.615 +0.437
6 99 JORGE LORENZO ESP DUCATI 1:44.623 +0.445
7 29 ANDREA IANNONE ITA SUZUKI 1:44.656 +0.478
8 45 SCOTT REDDING ING PRAMAC DUCATI 1:44.676 +0.498
9 9 DANILO PETRUCCI ITA DUCATI 1:44.681 +0.503
10 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 1:44.740 +0.562
11 94 JONAS FOLGER ALE TECH3 YAMAHA 1:44.763 +0.585
12 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 1:44.803 +0.625
13 25 MAVERICK VIÑALES ESP YAMAHA 1:44.889 +0.711
14 76 LORIS BAZ ESP AVINTIA DUCATI 1:44.985 +0.807
15 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:45.053 +0.875
16 5 JOHANN ZARCO FRA TECH3 YAMAHA 1:45.240 +1.062
17 53 TITO RABAT ESP MARC VDS HONDA 1:45.252 +1.074
18 43 JACK MILLER AUS MARC VDS HONDA 1:45.289 +1.111
19 50 SYLVAIN GUINTOLI FRA SUZUKI 1:45.912 +1.734
20 44 POL ESPARGARÓ ESP KTM 1:46.243 +2.065
21 17 KAREL ABRAHAM RTC ASPAR DUCATI 1:46.259 +2.081
22 22 SAM LOWES ING APRILIA 1:46.267 +2.089
23 38 BRADLEY SMITH ING KTM 1:46.853 +2.675
             
RECORDE MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:44.178 160.8 km/h
MELHOR VOLTA MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:44.178 160.8 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 28°C | pista: 38ºC

A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube