Márquez diz que voltou ao grid após contato com comissário e revela surpresa com punição por tumulto na largada

Marc Márquez creditou a um erro de comunicação o tumulto na largada do GP da Argentina. O espanhol disse que entendeu ter sido orientado por um comissário a retornar à sua posição no grid e contou que ficou surpreso por ter sido punido pouco depois

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Marc Márquez também não entendeu muito bem o imbróglio na largada do GP da Argentina. O piloto da Honda disse que retornou à sua posição no grid por ter entendido que esta foi a orientação dos comissários.
 
O inicio da prova em Termas de Río Hondo foi bastante tumultuado. Por conta das condições de segurança ― já que 23 dos 24 pilotos do grid retornaram aos boxes para uma troca de motos instantes antes do apagar das luzes ―, a direção de prova precisou atrasar a largada. Depois de muita espera e de uma solução alternativa para compensar a perda da vantagem de Jack Miller ― o único que foi para o grid direto com os pneus slicks ―, os pilotos alinharam na grelha, mas Marc teve problemas com a moto.
 
Ao invés de simplesmente levantar a mão e esperar auxilio ― como determina o regulamento ―, o #93 colocou a moto para funcionar no tranco e, mesmo com comissários por perto, voltou na contramão para sua posição de partida e largou como se nada tivesse acontecido.
Marc Márquez foi punido por confusão na largada (Foto: Honda)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A direção de prova, no entanto, aplicou um ride-through ao piloto da Honda, já que o regulamento da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) proíbe que os pilotos andem na contramão.
 
Falando à imprensa no domingo (8), Márquez disse que voltou ao grid por ter entendido que esta era a orientação do comissário. O #93 ressaltou que sabe que deve sair na reta de largada caso a moto não esteja funcionando, mas ressaltou que a RC213V estava pronta para a corrida.
 
“Quando cheguei no grid, tive um problema com o motor e parei ― normalmente, isso nunca acontece”, explicou Márquez. “Nesse caso, levantei a mão, mas ninguém estava lá. Aí eu comecei a empurrar a minha moto”, relatou.
 
“Felizmente, a moto funcionou e, naquela hora, eu não sabia o que precisava fazer. Eu sei que se a moto [não estivesse funcionando], eu precisaria sair, mas a moto estava funcionando”, justificou. “Eu perguntei [ao comissário], porque ele está ligado diretamente com a direção de prova, e perguntei a ele: ‘pit-lane ou grid’?”, relatou.
 
“Naquela hora, ele não sabia o que estava acontecendo, e aí eu vi outro cara. Esse cara só tirou as mãos da minha moto, e o outro fez assim [sinal de positivo]. Eu simplesmente entendi que eles começaram a se afastar e eu precisava ir para o meu lugar no grid”, detalhou. “Aí eu comecei a corrida e um ‘punição com ride-through’ apareceu no painel. Foi uma coisa que eu não entendi, porque se um comissário diz que você pode, por que não pode mais depois de algumas voltas e precisa receber um ride-through?”, indagou. 
 
Chefe da Honda, Alberto Puig saiu em defesa de Márquez e afirmou que o piloto só voltou à sua posição no grid por ter entendido que esta tinha sido a orientação do comissário.
 
“Com certeza, o piloto agiu com o que pensou e acreditava”, afirmou Puig. “Quando viu aquela situação ― você pode imaginar, você está no grid de largada, tem 20 pilotos atrás com o motor ligado, você quer estar na mesma posição ―, então ele foi para a posição dele, porque ele pensou que os comissários tinham mandado que ele fosse para lá”, frisou.
 
“E ninguém poderia tirá-lo daquela posição, então este foi o ponto de partida de uma corrida não muito boa”, concluiu.

#GALERIA(8349)
 
CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube