Márquez e Rossi acreditam que mudanças técnicas nas motos provocam aumento de lesões nos braços dos pilotos

Marc Márquez e Valentino Rossi explicaram que as mudanças técnicas das motos para a temporada 2015 podem ser a principal causa do aumento nos casos de síndrome compartimental e demais problemas nos braços dos pilotos da MotoGP

A evolução nas motos para a temporada 2015 pode ser uma explicação para o aumento de casos de síndrome compartimental na MotoGP. Pelo menos é nisso que acreditam os dois grandes nomes do grid da caregoria. Marc Márquez e Valentino Rossi explicaram que os pneus estão mais consistentes e os freios melhores, mas que os pilotos estão sofrendo maior pressão nos braços. Em 2015, Álex Rins, Dani Pedrosa, Pol Espargaró e Héctor Barberá já operaram devido ao problema.
 
O espanhol elogiou as mudanças nas novas motos, mas apontou que o estresse sobre os pilotos cresceu.
 
“Com esses novos pneus, você realmente pode ir muito rápido, mas tem de estar andando próximo do limite o tempo todo, a corrida inteira. Isso faz com que você esteja o tempo todo com o nível de estresse no topo”, disse.
 
Márquez, contudo, afirmou que as dores podem também estar relacionadas à maneira de pilotar.
 
“Os problemas também estão relacionados à maneira que você guia sua moto. Por exemplo, no ano passado, eu não senti nenhum problema, nenhum incômodo. Este ano eu senti já em algumas corridas. Significa que não estou pilotando da forma que gostaria”, declarou.
Marc Márquez acredita que as mudanças nas motos de 2015 estão causando os problemas nos braços(Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
O espanhol acredita que o aumento nos problemas nos braços foi gerado por uma mistura das duas razões apresentadas.
 
“Então, acho que acaba sendo uma mistura das duas coisas. Um pouco da maneira de pilotar, mas com certeza também pelo que são as motos deste ano. Também depende do circuito”, falou.
 
Rossi acompanhou Márquez e também apontou para as mudanças técnicas nas motos de 2015. Contudo, o veterano italiano garantiu que não está sendo afetado.
 
“É curioso. Para mim, existe uma resposta técnica para este problema. A pressão em cima do seu braço durante as freadas aumentou muito. Os pneus da Bridgestone estão fantásticos e os freios bem melhores, mas a pressão em cima dos braços está maior. Eu acho que é por isso, mas felizmente eu não estou sofrendo com isso”, afirmou.
 
Rossi é o líder da temporada 2015 da MotoGP. O italiano tem 138 pontos, um a mais que o vice Jorge Lorenzo. Márquez é quinto colocado com 69 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube