Márquez fala em fase desafiadora da temporada, mas exalta Honda: “Estamos em um bom nível em todos os lugares”

Líder da MotoGP, Marc Márquez destacou que a Honda está funcionando bem em vários circuitos e em condições variadas. Espanhol reconheceu, porém, que a sequência de Japão, Austrália e Malásia é uma fase bastante desafiadora da temporada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A temporada 2017 da MotoGP chega neste fim de semana à sua fase mais movimentada. Depois de alguns dias de descanso, a caravana do Mundial se reúne no Japão neste fim de semana para dar início à série de três GPs em três semanas.
 
Às vésperas da prova de casa da Honda, Marc Márquez destacou que será importante ter empenho máximo nesta reta final do Mundial e destacou que a RC213V está funcionando bem em todas as pistas.
Marc Márquez elogiou nível da RC213V em todas as pistas do Mundial (Foto: Repsol)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Restam quatro GPs na temporada, e temos de dar 100% em cada um deles, começando com as três rodadas transoceânicas”, disse Márquez. “Essas corridas são sempre exigentes por conta do fuso e das condições diferentes, e este ano, com o campeonato tão apertado, serão ainda mais desafiadoras”, apostou.
 
“O mais importante para nós é que desde Montmeló, estivemos no pódio em todas as corridas exceto Silverstone”, lembrou. “Fizemos um bom trabalho gerindo as diferentes condições e diferentes circuitos, o que nos deu confiança e mostra que estamos em um bom nível em todos os lugares”, avaliou.
 
Dono de três vitórias em Motegi ― uma nas 125cc, uma na Moto2 e outra na MotoGP ―, além de outros três pódios e duas poles, o #93 citou suas boas memórias do traçado nipônico, mas alertou que as condições podem variar bastante no Japão.
 
“Temos memórias ótimas do Japão, porque vencemos lá no ano passado e conquistamos o título lá duas vezes, mas cada temporada é uma história diferente e nós temos de permanecer focados e prontos para lidar com todas as situações”, alertou. “As condições de pista em Motegi podem variar drasticamente, e nós teremos de trabalhar duro no acerto para encontrar um bom compromisso para a aceleração forte e a freada. Vamos dar nosso melhor esforço e pressionar para conquistar outro bom resultado diante da torcida de casa da Honda”, completou.
 
Restando quatro etapas para o fim da temporada, Márquez lidera o Mundial de MotoGP com 16 pontos de vantagem para Andrea Dovizioso, o segundo colocado. Maverick Viñales aparece no terceiro posto, com 28 pontos a menos que o líder.
Companheiro de Márquez na Honda, Dani Pedrosa exaltou os fãs “incrivelmente passionais” do Japão e falou em manter a boa fase depois do revés do ano passado.
 
“Estou ansioso para correr no circuito de casa da Honda no Japão”, começou Pedrosa. “Não só os fãs são muito especiais ― eles são incrivelmente passionais e apaixonados pela Honda e pelo esporte, o que faz você se sentir bem-vindo ―, mas o circuito também é ótimo”, elogiou.
 
“Tenho um bom feeling com a pista desde a primeira vez que pilotei lá, quando tinha 15 anos. Ela se adapta ao meu estilo de pilotagem e eu curto muito a pista”, destacou. “Ano passado, infelizmente, tive uma queda forte e sofri uma séria lesão, mas espero que nesta temporada nós possamos manter o bom momento e ter uma corrida forte. Vamos, definitivamente, dar 100% para fazer isso acontecer”, concluiu.
 
STROLL RACING?

WILLIAMS PARECE SE DOBRAR ÀS VONTADES DE UM MAGNATA. O QUE É TRISTE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube