Martín é punido e Bezzecchi herda vitória no GP da Estíria de Moto2. Marini é 7º

O espanhol da Ajo recebeu a bandeirada na frente, mas foi punido por extrapolar os limites da pista. Assim, o piloto da VR46 conquistou a primeira vitória na Moto2

Jorge Martín ganhou, mas não levou neste domingo (23). O espanhol da Ajo recebeu a bandeirada na frente no GP da Estíria, mas acabou punido por extrapolar os limites da pista e, assim, Marco Bezzecchi herdou a vitória no Red Bull Ring.

Vencedor do GP da Áustria da semana passada, Martín assumiu o comando ainda nos primeiros metros e tratou de escapar na ponta para não dar chances à concorrência. Na segunda metade da corrida, porém, Bezzecchi passou Remy Gardner e começou a cortar a vantagem do espanhol da Ajo.

Martín recebeu punição após a bandeirada (Foto: Reprodução)

A margem que era de mais de 1s4 caiu rapidamente e, com dois giros para o fim, Martín tinha só 0s3 de frente. No último giro, Marco chegou de vez, mas Jorge soube conduzir a Kalex para receber a bandeirada com 0s060. Já no parque fechado, porém, o piloto da moto #88 soube que tinha sido punido com uma posição por exceder os limites da pista e, assim, Bezzecchi levou o triunfo.

Gardner acabou em terceiro, com Tom Lüthi em um distante quito lugar. Igualmente isolado, Xavi Vierge ficou em sexto. Líder do campeonato, Luca Marini teve uma corrida para lá de discreta e ficou apenas em sétimo, 8s6 atrás do companheiro de VR46.

Jake Dixon acabou a corrida no oitavo posto, com Héctor Garzó em nono. Enea Bastianini fechando a lista dos dez melhores colocados no Red Bull Ring.

Mesmo com uma atuação apagada, Marini manteve a liderança do campeonato, agora com 87 pontos, oito a mais que Bastianini. Martín é o terceiro na classificação, seguido por Nagashima e Bezzecchi. A Kalex lidera o Mundial de Construtores com 150 pontos, 102 à frente da Speed Up. A VR46 comanda o Mundial de Equipes, cinco tentos à frente da Ajo.

Saiba como foi o GP da Estíria de Moto2:

Em um domingo de céu bastante nublado em Spielberg, a Moto2 encarou um dia de condições diferentes do restante do fim de semana. Às vésperas da largada, os termômetros marcavam 22°C, com o asfalto chegando a 37°C. A velocidade do vento era de 5 km/h.

Pela primeira vez, Arón Canet tinha a pole-position na Moto2, o primeiro novato a fazê-lo desde Fabio Di Giannantonio no ano passado. É, ainda, a primeira pole não-Kalex desde Valência no ano passado, quando a Speed Up também saiu na frente.

Vencedor do GP da Áustria da semana passada, Jorge Martín tinha o segundo posto, à frente de Tetsuta Nagashima, Augusto Fernández, Marco Bezzecchi e Remy Gardner. Líder do campeonato, Luca Marini ficou apenas com o 12º posto, seu pior grid desde que largou também em 12º em Misano no ano passado.

Largada autorizada no Red Bull Ring e Martín saltou para a primeira colocação. Canet ficou em segundo, com Nagashima ficando na terceira colocação. Augusto Fernánfez e Remy Gardner completavam o top-5.

A dupla da ponta começou a abrir vantagem já no fim da primeira volta, com 0s494 de respiro para o resto do pelotão. Enquanto isso, Canet teve um grande revés ao levar um tombo na curva 4, segurando a perna em aparente dor. Melhor para Gardner, que saltou para terceiro.

O festival de quedas estava aberto no circuito em Spielberg. Após o espanhol, Jorge Navarro, Sam Lowes e Somkiat Chantra acabaram se envolvendo em um incidente e o trio caiu na curva 3.

Pouco depois, o britânico da Marc VDS levou outra queda, dessa vez na curva 4. Por ter causado o primeiro incidente, recebeu punição de bandeira preta por pilotagem imprudente. Na ponta, Martín, Nagashima e Gardner.

Com 15 voltas para a bandeira quadriculada, Jorge já tinha 1s057 de vantagem para o resto do pelotão. Remy estava na segunda colocação, mas precisava lidar com a pressão de Marco Bezzecchi, o terceiro, e Nagashima, o quarto.

Enquanto isso, Luca Marini vinha em corrida bastante discreta. O atual líder da classificação, que largou em 12º, aparecia na sexta colocação com 11 voltas para o fim, sustentando 4s865 de desvantagem para o ponteiro.

Com o andar da corrida, o cenário da classificação de pilotos vinha em mudança. Enquanto Marini seguia líder, Martín subia uma colocação e ficava na vice-liderança, tomando o lugar de Enea Bastianini, que caia para terceiro. Nagashima também melhorava sua situação e vinha para quarto.

Na reta final, Bezzecchi se aproximou de forma ameaçadora de Martín. O italiano cortou toda a desvantagem para apenas 0s288 na abertura do último giro. O piloto da VR46 estava virando mais veloz que o competidor da Red Bull KTM Ajo em todos os setores. Gardner vinha em terceiro.

Com duas voltas para o fim, Martín adotou pilotagem de defesa, fechando a porta na cara de Marco. Com isso, cruzou a linha de chegada em primeiro com apenas 0s060 de respiro para o italiano. Remy fechou o pódio do dia, com Marini completando em sétimo.

Entretanto, nem mesmo a bandeira quadriculada definiu o resultado. Após o fim, Jorge foi punido por exceder os limites de pista na última volta, perdendo uma colocação e Bezzecchi herdando a vitória, sua primeira na Moto2.

Moto2, GP da Estíria, Red Bull Ring, Final:

1M BEZZECCHIVR46 Kalex37:12.46125 voltas
2J MARTÍNRed Bull KTM Ajo Kalex-0.060P+1
3R GARDNERSAG Kalex+1.027 
4T NAGASHIMARed Bull KTM Ajo Kalex+1.974 
5T LÜTHIIntact Kalex+3.230 
6X VIERGESIC Kalex+6.196 
7L MARINIVR46 Kalex+8.634 
8J DIXONSIC Kalex+9.005 
9H GARZÓPONS Kalex+9.620 
10E BASTIANINIItaltrans Kalex+10.051 
11M SCHROTTERIntact Kalex+10.238 
12J ROBERTSAmerican Kalex+14.857 
13N BULEGAGresini Kalex+17.968 
14S MANZIForward MV Agusta+20.956 
15L BALDASSARRIPONS Kalex+21.189 
16M RAMÍREZAmerican Kalex+21.497 
17L DALLA PORTAItaltrans Kalex+26.471 
18F DI GIANNANTONIOSpeed UP+26.952 
19E PONSGresini Kalex+29.400 
20S CORSIForward MV Agusta+30.859 
21K DANIELSAG Kalex+43.828 
22A MEDINAAspar Speed Up+55.353 
23F IZDIHARTeam Tady Kalex+1:00.005 
24B BENDSNEYDERRW NTS+1:10.576 
 D AEGERTERNTS RWNC 
 A FERNÁNDEZMarc VDS KalexNC 
 J NAVARROSpeed UPNC 
 S CHANTRATeam Tady KalexNC 
 A CANETAspar Speed UpNC 
 S LOWESMarc VDS KalexDESCLASSIFICADO 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar