MotoGP

McPhee supera Arbolino e encerra jejum com pole na França. Líder da Moto3, Canet é só 14º

John McPhee encerrou um jejum de poles que vinha desde o GP da Itália de 2017 e assegurou a posição de honra no grid de Le Mans ao bater Tony Arbolino por 0s190. Ai Ogura conseguiu o terceiro posto, enquanto Arón Canet, o líder do Mundial, fez apenas o 14º tempo

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo

John McPhee colocou um ponto final em um jejum de poles que vinha desde o GP da Itália de 2017. O #17 bateu Tony Arbolino na classificação deste sábado (18) para garantir a posição de honra no grid de Le Mans.
 
O piloto da SIC, no entanto, teve de trabalhar dobrado pela pole, já que passou e liderou o Q1. Na fase final, o britânico cresceu nos instantes finais para anotar 1min42s277. 0s238 mais lento que John. Ai Ogura vai completar a primeira fila.

Com 1min42s567, Tatsuki Suzuki ficou com o quarto tempo, seguido por Gabriel Rodrigo e Marcos Ramírez. Vice-líder do Mundial, Niccolò Antonelli sofreu uma queda nos instantes finais do Q2, mas conseguiu o sétimo tempo, 0s674 atrás do ponteiro.
John McPhee (Foto: SIC)
Mais 0s010 atrás, Raúl Fernández fez o oitavo registro, seguido por Kaito Toba e Sergio Garcia.
 
Líder do Mundial, Arón Canet fez uma sessão apagada e, com 1min43s304, ficou apenas com o 14º tempo.
 
Punidos por direção irresponsável no TL2, Darryn Binder, Sergio Garcia e Raúl Fernández foram sancionados pelo Painel de Comissários com a perda de 12 posições no grid de Le Mans.

O GP da França de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.

Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #18: Fake News! As mentirinhas nada inocentes do esporte a motor



  Ouça no Spotify
  Ouça no iTunes
  Ouça no Android
  Ouça no playerFM

McPhee lidera Q1 e avança para fase final com Ramírez, Yurchenko e García
 
Apesar do céu bastante nublado, a chuva tinha dado uma trégua em Le Mans, mas o asfalto permanecia molhado, o que fez com que os pilotos fossem para a pista no Q1 com pneus de chuva e motos acertadas para tal. A temperatura estava na casa dos 13°C, com o asfalto chegando aos 15°C.
 
Apesar do tempo curto, muitos pilotos voltaram para os boxes para calçar os slicks, já que a pista permitia o uso das borrachas lisas.
 
Vestido para a ocasião, Filip Salac foi para a pista direto de slick e tratou de rodar em ritmo forte para tentar assegurar uma vaga no Q2. Após três voltas, o #12 tinha 1min46s069, 1s6 melhor que Marcos Ramírez, o segundo colocado.
 
Com cinco minutos para o fim da sessão, apenas nove pilotos tinham cravado tempo, Agora, era Ramírez quem liderava, 0s129 melhor que Salac. 
 
Com 1min45s010, López assumiu a ponta, 0s222 melhor que Ramírez. Salac e Garcia completavam a lista dos quatro primeiros, com Can Öncü 0s429 mais lento que a linha de corte para o Q2.
 
Ramirez, então, anotou 1min44s793 e assumiu a ponta, 0s161 melhor que López. Salac e Garcia ainda tinham vaga no Q2, com Vietti liderando a zona da degola por 0s306.
 
Kornfeil avançou para o terceiro posto pouco depois, enquanto Ramírez tratou de baixar mais sua marca para abrir 0s787 de margem para López. Salac era agora o terceiro, à frente e Kornfeil.
 
Já no minuto final, Sasaki pulou para a segunda colocação, com López se instalando em terceiro, à frente de Salac. McPhee era o primeiro na zona de eliminação.
 
Vietti, então, foi a 1min44s874 e subiu para a terceira colocação, mas caiu um posto na sequência, já que Kornfeil, já com a bandeira quadriculada tremulando, passou para segundo.
 
Makar Yurchenko melhorou na volta final e assumiu o segundo posto, 0s307 mais lento que Ramírez. Garcia e López se instalaram logo atrás.
 
Com 1min43s994, McPhee tomou a ponta e garantiu a passagem ao Q2, 0s052 melhor que Ramírez. Yurchenko e Garcia também passaram para o Q2.
 
Assim, López ficou com o 18º lugar no grid, à frente de Salac, Dennis Vietti, Jakub Kornfeil, Jaume Masià  e Ayumu Sasaki.

McPhee aparece no fim e crava pole em Le Mans
 
Aprovados no Q1, McPhee, Ramírez, Yurchenko e Garcia se juntaram aos 14 mais rápidos do fim de semana a briga pela pole-position. 
 
Quando o cronômetro foi acionado, os pilotos logo partiram para a pista, com Ramírez abrindo a sessão na ponta com 1min43s656, 0s356 mais rápido que Arbolino, o segundo colocado.
 
Com nove minutos para o fim da sessão, a chuva voltou a cair em Le Mans, forçando os pilotos a buscarem a melhor volta imediatamente.
 
Ramírez, então, foi a 1min42s892, mas não conseguiu manter a liderança, já que Arbolino passou em 1min42s574 e pegou a ponta, 0s087 melhor que Suzuki. 
 
Na sequência, Suzuki foi 0s007 mais rápido que Arbolino e assumiu a pole provisória, com Ramírez temporariamente completando a primeira fila. 
 
Com pouco mais de 4 minutos para o fim, Kazuki Masaki caiu na curva 7, mas não se feriu. Ainda assim, a briga pela pole se tornou um sonho distante.
 
Enquanto isso, Arbolino tratou de baixar para 1min42s467 e assumir a ponta, com McPhee virando 0s084 mais lento para avançar para o segundo posto. Suzuki caiu para terceiro.
 
Com pouco menos de 3 minutos para o fim, Niccolò Antonelli caiu na curva 3 e também se despediu do sonho de puxar a fila no grid de domingo.
 
Enquanto isso, McPhee foi a 1min42s277 e assumiu a ponta, superando Arbolino por 0s190. Suzuki era o terceiro, à frente de Ogura e Ramírez.
 
Com o cronômetro zerado, ninguém bateu McPhee, que colocou a SIC na ponta da tabela.
 
Moto3 2019, GP da França, Le Mans, Grid de largada:

1 J MCPHEE SIC HONDA 1:42.277    
2 T ARBOLINO Snipers Honda 1:42.467 +0.190  
3 A OGURA Asia Honda 1:42.515 +0.238  
4 T SUZUKI SIC58 Honda 1:42.567 +0.290  
5 G RODRIGO Gresini KTM 1:42.743 +0.466  
6 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:42.892 +0.615  
7 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:42.951 +0.674  
8 K TOBA Asia Honda 1:42.969 +0.692  
9 A MIGNO Worldwide KTM 1:43.019 +0.742  
10 M YURCHENKO RBA KTM 1:43.107 +0.830  
11 R FENATI Snipers Honda 1:43.213 +0.936  
12 A CANET MAX KTM 1:43.304 +1.027  
13 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:43.519 +1.242  
14 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:43.589 +1.312  
15 A SASAKI SIC HONDA 1:43.756 +1.479  
16 D FOGGIA VR46 KTM 1:43.801 +1.524  
17 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0  1:44.516 +2.239  
18 F SALAC Prüstel KTM 1:44.589 +2.312  
19 C VIETTI VR46 KTM 1:44.643 +2.366  
20 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:42.961 +0.684 P
21 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:44.710 +2.433  
22 S GARCIA Estrella Galicia 0,0  1:42.988 +0.711 P
23 J MASIÀ Worldwide KTM 1:44.776 +2.499  
24 K MASAKI RBA KTM 1:44.837 +2.560  
25 V PEREZ Avintia KTM 1:44.913 +2.636  
26 R ROSSI Gresini Honda 1:45.116 +2.839  
27 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:45.796 +3.519  
28 T BOOTH-AMOS CIP KTM 1:46.092 +3.815  
29 D BINDER CIP KTM 1:45.535 +3.258 P
           
REC J MARTÍN Gresini Honda 1:41.754 148.0 km/h  
MV J MARTÍN Gresini Honda 1:41.754 148.0 km/h  
           
  Condições do tempo PISTA MOLHADA   ar: 12ºC | pista: 14ºC  





Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.