Melhor do dia, Lorenzo vê Mugello “funcionando bem para Yamaha”, mas alerta para evolução dos rivais

Mais rápido do dia em Mugello, Jorge Lorenzo afirmou que a Yamaha está funcionando bem no traçado italiano. Bicampeão, entretanto, alertou para evolução dos rivais e para mudança no clima

As imagens da sexta-feira no Mundial de Motovelocidade em Mugello
Acompanhe a cobertura do GP da Itália no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Jorge Lorenzo conseguiu melhorar seu ritmo nos minutos finais do segundo treino desta sexta-feira (31) e aproveitou sua última volta na pista italiana para bater Valentino Rossi por 0s034 e garantir a melhor marca do dia em Mugello. Com 1min48s375, o bicampeão liderou a trinca da Yamaha no topo da tabela de tempos. 
Lorenzo ponderou que mudança no clima pode afetar desempenho da M1 em Mugello (Foto: Yamaha)
Apesar de ver a M1 funcionando bem na pista da Toscana, Lorenzo alertou para a evolução dos rivais, já que a dupla da Honda não teve uma boa segunda sessão – Dani Pedrosa ficou com o quinto tempo e Marc Márquez foi o 14º após sofrer uma queda assustadora no fim da reta italiana.
 
“De manhã estava úmido e as condições estavam ruins, então nós preferimos não sair com os slicks no final do primeiro treino primeiro, porque pensamos que a pista estava perigosa”, explicou. “Tivemos de esperar pela tarde e pela pista seca”, continuou. 
 
“Desde o início, os pilotos da Yamaha estavam muito fortes e competitivos, o que significa que a pista esta funcionando bem para nós este ano”, indicou. “Nós temos de esperar pela melhora dos nossos rivais e a possível mudança no clima que pode mudar a nossa performance, mas, no momento, estamos muito competitivos e felizes”, encerrou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube