MotoGP

Morbidelli vê ano acirrado na MotoGP: “Pequenos detalhes e sorte fazem diferença”

Franco Morbidelli fez um rápido balanço sobre a temporada 2019 da MotoGP. O titular da SIC reconheceu que cometeu alguns erros ao longo da primeira metade do ano, mas tem visto a briga entre os pilotos bastante apertada e próxima

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Franco Morbidelli tem visto a temporada 2019 da MotoGP com bons olhos. Apesar de reconhecer que cometeu erros que não devia, vê a briga bastante apertada e aponta pequenos detalhes como determinantes.
 
O ítalo-brasileiro está em sua segunda temporada na classe rainha do Mundial. Após nove etapas realizadas, somou 52 pontos, dois a mais do que o campeonato inteiro de 2018. Como melhores resultados, tem duas quinta colocações, mas já abandonou três vezes.
 
Ao fazer um balanço de sua campanha, vê pontos positivos e negativos de seu desempenho até o momento. “Classificaria a temporada com um 7,5 até agora. Temos sido rápidos, mas não consistentes. Somos 11º no campeonato e acredito que merecemos um pouco mais”, disse.
 
“Mas cometi alguns erros que não deveria ter cometido. Não temos o que acho que merecemos, mas a briga entre eu e o sexto está próxima, e temos a segunda metade da temporada para conseguir o máximo de pontos possível”, continuou.
Franco Morbidelli (Foto: SIC)
O titular da SIC ainda falou sobre a briga do campeonato. Apesar de Marc Márquez já sustentar 58 pontos na liderança, vê os demais pilotos bastante próximos. “Há um grande grupo de pilotos que podem brigar pelas posições da ponta e é ótimo estar nessa briga”, ressaltou.
 
“Você pode ver que as posições no campeonato mudam a cada corrida, e isso é animador de se fazer parte. Estive brigando em corridas com pilotos que já venceram provas e estiveram no pódio. Com tudo tão apertado, são pequenos detalhes, circuitos e sorte que fazem diferença. Isso nos motiva a trabalhar ainda mais pelo sucesso”, continuou.
 
Por fim, o #21 mostrou animação para o restante do ano. “Os números dizem que sou melhor na segunda metade da temporada. Em 2016, fui primeiro ou segundo geral na segunda parte do ano, em 2017 venci o campeonato, e há muitos circuitos que amo, como minha corrida caseira em Misano, e o GP da Malásia, que vai ser bem importante para toda a equipe”, comentou.
 
“Não sei porque mirar no pódio é impossível, mas, para agora, o plano para as férias é nos focar em áreas que nos faltam e também recarregar para chegar pronto para a segunda metade, e isso é melhor feito na praia”, concluiu.
 

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.