MotoGP diminui duração de corridas na Índia após reclamações de forte calor

Após queixas de pilotos e equipes, por conta da temperatura e da alta umidade em Buddh, as provas da MotoGP na Índia sofreram alterações

A MotoGP decidiu fazer alterações nas durações de todas as corridas do final de semana do GP da Índia, em Buddh. As categorias do Mundial de Motovelocidade terão menos voltas após pilotos, equipes e até as fornecedoras de pneus reclamarem do forte calor e da alta umidade no local.

De acordo com a MotoGP, em breve nota, os pilotos “pediram por mudanças nas distâncias das provas” após sofrerem no primeiro dia de treinos em Buddh. Agora, a corrida sprint da MotoGP passou de 12 para 11 voltas, enquanto a prova principal da classe rainha do Mundial diminuiu de 24 para 21 giros.

Sol e forte calor preocupam os pilotos em Buddh (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Líder do campeonato, Francesco Bagnaia afirmou que a situação é “pior do que na Malásia”, onde os pilotos geralmente sofrem com calor e alta umidade, e se queixou que “na reta oposta sinto meu pescoço e minhas pernas queimarem”.

As classes menores também foram atingidas com a perda de uma volta cada. A Moto3 agora terá 16 giros em Buddh e a Moto2 terá 18.

A classificação da MotoGP para o primeiro GP da Índia da história acontece a partir das 2h50 (de Brasília) deste sábado (23)GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2023.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.