MotoGP muda testes de Moto3 e Moto2 para tentar assegurar início da temporada

Dorna, IRTA e FIM optaram por mudar a pré-temporada das classes menores para o Catar para tentar garantir que o campeonato comece como o previsto

O Mundial de Motovelocidade decidiu transferir para o Catar os testes coletivos da pré-temporada de Moto3 e Moto2. A mudança é uma tentativa de assegurar que o campeonato comece de acordo com o previsto.

Em um comunicado divulgado nesta terça-feira (2), Dorna, IRTA (Associação Internacional das Equipes de Corrida) e FIM (Federação Internacional de Motociclismo) espantaram os rumores do adiamento dos GPs de Catar e Doha, mas alterou o cronograma de testes.

Moto3 vai fazer pré-temporada no Catar (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“A FIM, a IRTA e a Dorna Sports podem anunciar a mudança no local dos testes de Moto3 e Moto2 para a pré-temporada 2021. Anteriormente agendados para o Circuito de Jerez-Ángel Nieto, o teste agora vai acontecer no Circuito Internacional de Losail, no Catar”, disse a MotoGP. “O teste será realizado entre 19 e 21 de março. A Asia Talent Cup também estará na pista para testes de pré-temporada nos mesmos dias e cada uma das categorias terá suas próprias sessões como parte dos três dias de testes”, seguiu.

“A mudança de local para Moto2 e Moto3 foi acordada para poder criar o programa de testes de pré-temporada mais seguro e eficiente para o Mundial de Motovelocidade, minimizando as viagens necessárias para cada uma das categorias e assegurando que os dois primeiros GPs da temporada possam acontecer com segurança”, encerrou.

LEIA TAMBÉM
+ Dois irmãos: os duelos familiares do esporte a motor

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube