MotoGP vê comissários com “muitas opções” e decreta fim do sistema de punição por pontos com efeito imediato

A Comissão de GP do Mundial de Motovelocidade decretou o fim do sistema de punição por pontos, já que entende que os comissários possuem muitas opções para sancionar infrações. Carnê entrou em vigor na temporada 2013

 
A Comissão de GP do Mundial de Motovelocidade decidiu pelo fim dos chamados pontos de punição. Introduzido em 2013, o sistema funcionava de maneira similar à carteira de habilitação, onde o motorista é pontuado de acordo com suas infrações e recebe penas mais severas com o acúmulo de pontos.
 
No último dia 25, a Comissão de GP, que é formada por Carmelo Ezpeleta, diretor-executivo da Dorna, a promotora do Mundial; Paul Duprac, da FIM (Federação Internacional de Motociclismo); Hervé Poncharal, da IRTA (Associação Internacional das Equipes de Corrida); e Takanao Tsubouchi, da MSMA (Associação das Fábricas de Motocicletas Esportivas), na presença de Carlos Ezpeleta, também da Dorna, Mike Trimby, da IRTA, Vito Ippolito, presidente da FIM, Steve Aeschlimann, também da entidade máxima do esporte, e Corrado Cecchinelli, diretor de tecnologia do campeonato, se reuniu em Losail para traçar novas diretrizes para o campeonato.
MotoGP decretou fim do sistema de punição por pontos (Foto: LCR)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A medida de maior impacto foi mesmo o fim dos pontos de punição, já que os responsáveis pelo Mundial entendem que os comissários têm muitas opções na hora de aplicar sanções, tornando o sistema de pontos desnecessário. 
 
O carnê de pontos teve um impacto considerável no fim da temporada 2015, quando Valentino Rossi teve de largar na última colocação no GP da Comunidade Valenciana após ser punido por uma colisão com Marc Márquez no polêmico GP da Malásia. O #46 já tinha sido advertido por uma infração anterior e não escapou da sanção mais rigorosa. 
 
A ideia por trás da criação deste sistema era punir de forma igual o mesmo tipo de infração, mas com mais alternativas para os comissários, o recurso foi pouco utilizado no ano passado.
 
Além disso, o Mundial também alterou o sistema de apelações, com o fim de apelos adicionais uma vez que o Comitê de Apelações da FIM, que se reúne a cada etapa, validar a decisão inicial dos comissários. 
 
Outra modificação resultante do encontro da Comissão de GP diz respeito ao número de mecânicos presentes no pit-lane. A partir de agora, seis integrantes do time podem ajudar durante a mudança de motos no treino classificatório, ante os quatro permitidos anteriormente. Entretanto, o limite permanece em quatro mecânicos para o flag-to-flag, onde os integrantes do time também são obrigados a usar capacetes.
 
Por fim, a Comissão de GP também determinou o fim do uso de titânio em Moto2 e Moto3.
 
DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube