Navarro sobra e comanda primeiro dia da bateria final de testes da pré-temporada 2016 da Moto3 em Losail

Com 0s286 de folga, Jorge Navarro comandou o primeiro dia de testes da Moto3 no Catar. Livio Loi garantiu a segunda marca, com Fabio Quartararo aparecendo para completar o top-3

Jorge Navarro foi o mais rápido no primeiro dia da segunda bateria de testes da pré-temporada 2016 da Moto3. Às vésperas do início do Mundial, os pilotos da categoria menor foram ao Catar para um teste final e o piloto da Estrella Galicia 0,0 não teve dificuldades para ditar o ritmo na sexta-feira (11).
 
Com o sol ainda brilhando no circuito de Losail, o dia começou com pouca atividade em pista, mas o cair da noite foi trazendo mais e mais pilotos para fora dos boxes. 
Jorge Navarro liderou o primeiro dia de testes da Moto3 em Losail (Foto: Estrella Galicia 0,0)
Com a pista mais limpa, os pilotos e times focaram no acerto das motos, deixando as simulações de corrida para mais tarde. Testando um novo motor da KTM, Brad Binder começou na liderança, mas viu Navarro virar o jogo algumas horas mais tarde com 0s286 de margem.
 
Com 2min06s462, Livio Loi se colocou no segundo posto na última sessão do dia, 0s160 à frente de Fabio Quartararo, que assumiu o terceiro lugar pouco antes de uma bandeira vermelha antecipar o fim dos trabalhos.
 
Niccolò Antonelli registrou 2min06s689 e ficou com o quarto posto, já 0s513 atrás do líder. Trabalhando em sua consistência, Romano Fenati aparece na sequência, à frente de Jakub Kornfeil e Andrea Migno, que completa o grupo de sete pilotos que rodaram abaixo da marca de 2min07s.
 
0s872 atrás do ponteiro, Binder ficou com o oitavo melhor tempo ao fim do dia em Losail, seguido por Enea Bastianini. Estreante, Bo Bendsneyder anotou 2min07s453 e completa o rol dos dez primeiros.
 
Além de abrir a última bateria de testes da pré-temporada, a sexta-feira em Losail também ficou marcada pela declaração do diretor-técnico do Mundial, Danny Aldridge, isentando a Honda da acusação feita pela KTM de que a NSF250RW ultrapassa o limite de 13.500 RPM
 
Moto3, Catar, Losail, Teste coletivo, Dia 1:
 
1 9 JORGE NAVARRO ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 2:06.176  
2 11 LIVIO LOI BEL RW Kalex Honda 2:06.462 +0.286
3 20 FABIO QUARTARARO FRA KIEFER KTM 2:06.622 +0.446
4 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA ONGETTA Honda 2:06.689 +0.513
5 5 ROMANO FENATI ITA VR46 KTM 2:06.896 +0.720
6 84 JAKUB KORNFEIL TCH SEPANG Honda 2:06.916 +0.740
7 16 ANDREA MIGNO ITA VR46 KTM 2:06.917 +0.741
8 41 BRAD BINDER RSA RED BULL KTM AJO 2:07.048 +0.872
9 33 ENEA BASTIANINI ITA GRESINI Honda 2:07.346 +1.170
10 64 BO BENDSNEYDER HOL RED BULL KTM AJO 2:07.453 +1.277
11 65 PHILIPP OETTL ALE SCHEDL GP KTM 2:07.460 +1.284
12 76 HIROKI ONO JAP TEAM ASIA Honda 2:07.506 +1.330
13 36 JOAN MIR ESP KIEFER KTM 2:07.529 +1.353
14 44 ARÓN CANET ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 2:07.533 +1.357
15 8 NICOLÒ BULEGA ITA VR46 KTM 2:07.605 +1.429
16 89 KHAIRUL IDHAM PAWI MAL TEAM ASIA Honda 2:07.606 +1.430
17 6 MARÍA HERRERA ESP HUSQVARNA LAGLISSE 2:07.629 +1.453
18 95 JULES DANILO FRA ONGETTA Honda 2:07.791 +1.615
19 88 JORGE MARTÍN ESP ASPAR Mahindra 2:07.948 +1.772
20 21 FRANCESCO BAGNAIA ITA ASPAR Mahindra 2:08.086 +1.910
21 91 GABRIEL RODRIGO ARG RBA KTM 2:08.139 +1.963
22 24 TATSUKI SUZUKI JAP CIP Mahindra 2:08.223 +2.047
23 10 ALEXIS MASBOU FRA SAXOPRINT Peugeot 2:08.285 +2.109
24 55 ANDREA LOCATELLI ITA KIEFER KTM 2:08.296 +2.120
25 58 JUANFRAN GUEVARA ESP RBA KTM 2:08.328 +2.152
26 4 FABIO DI GIANNANTONIO ITA GRESINI Honda 2:08.467 +2.291
27 17 JOHN McPHEE ING SAXOPRINT Peugeot 2:08.539 +2.363
28 40 DARRYN BINDER RSA AMBROGIO Mahindra 2:08.602 +2.426
29 98 KAREL HANIKA TCH AMBROGIO Mahindra 2:09.027 +2.851
30 7 ADAM NORRODIN MAL SEPANG Honda 2:09.095 +2.919
31 43 STEFANO VALTULINI ITA TEAM ITALIA Mahindra 2:09.520 +3.344
32 3 FABIO SPIRANELLI ITA CIP Mahindra 2:11.226 +5.050
33 77 LORENZO PETRARCA ITA TEAM ITALIA Mahindra 2:11.953 +5.777

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube