No adeus à Moto2, Rabat segura Rins na Comunidade Valenciana e vence pela terceira vez na temporada 2015

Em sua última prova na Moto2, Tito Rabat conseguiu segurar Álex Rins e conquistou sua terceira vitória na temporada. Estreante, Álex Rins ficou em segundo e confirmou o vice-campeonato, com Tom Lüthi completando o top-3

Tito Rabat fez neste domingo (8) sua última prova na Moto2. Confirmado na MotoGP com a Marc VDS em 2016, o espanhol voltou após três semanas de baixa para se despedir da categoria na qual foi campeão em 2014 correndo em casa. E a festa não podia ter sido melhor.

 
O #1 conquistou a pole em Valência e liderou a corrida de ponta a ponta. Mesmo pressionado por Álex Rins, que fez um excelente ano de estreia na divisão intermediária, Tito não sucumbiu e cruzou a linha de chegada na ponta. 
 
A corrida da Moto2 em Valência começou com um susto. Logo na Mick Doohan, a segunda curva do circuito Ricardo Tormo, Xavier Siméon, Franco Morbidelli, Marcel Schrotter, Hafizh Syahrin, Robin Mulhauser e Xavi Vierge caíram, provocando a interrupção da prova em bandeira vermelha. Na relargada, apenas os pilotos #21 e #55 não voltaram para a pista.
Tito Rabat venceu sua última prova na Moto2 (Foto: Marc VDS)
A classificação do Mundial de Moto2 após o GP da Comunidade Valenciana

Pole-position em sua despedida da Moto2, Rabat fez uma boa largada, mas teve de resistir à pressão de Rins, com quem disputava o vice-campeonato de 2015. A diferença entre os dois subiu e desceu ao longo da disputa, mas foi na metade final que Álex lançou um ataque mais firme.

Apesar de pressionar o tempo todo, Rins não conseguiu colar em Rabat para ser realmente ameaçador. Assim, Rabat recebeu a bandeirada com 0s309 de vantagem e parte para a MotoGP com mais um triunfo no currículo na divisão do meio.
 
Tom Lüthi exibiu um ritmo excelente nos treinos, mas não conseguiu apresentar a mesma forma nesta tarde. O suíço acabou isolado na maior parte da disputa e ficou com o terceiro posto, à frente de Lorenzo Baldassarri.
 
Sam Lowes se despede da Speed Up com um quinto posto, seguido por Luis Salom. Campeão antecipado, Johann Zarco fez uma prova discreta e ficou em sétimo, com Axel Pons, Simone Corsi e Mika Kallio completando o top-10.
 
Com o resultado deste domingo, Rins confirmou o vice-campeonato de 2015, um resultado excelente para um piloto estreante.
 
A cobertura completa do GP da Comunidade Valenciana no GRANDE PRÊMIO

Saiba como foi o GP da Comunidade Valenciana de Moto2:
 
Diferente da Moto3 e MotoGP, a última corrida da temporada 2015 da Moto2 não teve o clima de decisão de campeonato. Isso porque Johann Zarco já havia faturado o título com antecedência, no GP do Japão.
 
O sol começou a brilhar mais forte no circuito valenciano. As temperaturas começaram a aumentar com o passar do dia, com os cronômetros marcando 21ºC para o ar e 26ºC para o asfalto.
 
Para a corrida da Comunidade Valenciana, a Dunlop, fornecedora única dos pneus da Moto2, levou os compostos médios e macios. 
Logo na largada, Tito Rabat fez jus à sua pole-position, fazendo um bom começo e permanecendo na ponta. Enquanto isso, Zarco conseguiu também manter sua segunda colocação.
 
Mas logo na curva 2, muitos competidores do pelotão acabaram caindo. O primeiro acabou perdendo a moto, e acabou acertando os demais. A prova foi interrompida com bandeira vermelha.
 
Quem acabou se envolvendo na grande queda foram Franco Morbidelli, Marcel Schrotter, Hafizh Syahrin, Robin Mulhauser, Xavier Vierge e Xavier Simeón.
 
Após cerca de 15 minutos após o acidente, os pilotos foram liberados para a pista novamente. Um novo processo de relargada foi feito, e a prova diminuiu para 18 voltas.
 
A largada foi outra, e quem acabou se atrapalhando foi Zarco. Enquanto Rabat continuou na ponta do pelotão, o francês fez uma péssima largada, caindo para sétimo. Lüthi, Rins, Baldassarri, Simón e Corsi acabaram superando o campeão.
Álex Rins ficou com o vice-campeonato no Mundial (Foto: Pons)
E o piloto da moto #5 continua a fazer uma prova sem bom desempenho. Após três giros, ele já havia caído para a nona colocação.
 
Enquanto isso, Rabat apenas abre uma folgada vantagem para a segunda colocação, agora ocupada por Rins. O ponteiro tem uma vantagem de 0s308.
 
Com 11 voltas para a bandeira quadriculada, a corrida seguia sem problemas e sem muita ação. O titular da Marc VDS permanecia na liderança, sem qualquer ameaça de ultrapassagem. Rins Lüthi, Baldassarri e Salom fechavam o top-5 do momento.
 
Rins conseguiu diminuir consideravelmente a diferença para o ponteiro, e agora o persegue para a ultrapassagem. Os dois pilotos estão na briga pelo vice-campeonato de 2015.
Zarco não conseguiu se recuperar em ao longo da corrida. Após cair para a  nona colocação, com três giros para o fim era sétimo. O máximo de ação que protagonizou foi uma dividida de curva com Corsi, onde conseguiu ultrapassá-lo.
 
Como ao longo de toda a corrida, Rabat venceu sem qualquer problema, garantindo então o posto de segundo piloto do campeonato. Rins chegou em segundo, com Lüthi em terceiro.
 
Baldassarri foi o quarto, com Lowes, Salóm, Zarco, Corsi, Pons e Kallio fechando o rol dos dez melhores pilotos do dia.

Moto2, GP da Comunidade Valenciana, Valência, Final:

 
1
1
TITO RABAT
ESP
MARC VDS Kalex
28:48.831
18 voltas
2
40
ÁLEX RINS
ESP
PONS Kalex
+0.309
 
3
12
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Kalex
+3.347
 
4
7
LORENZO BALDASSARRI
ITA
FORWARD Kalex
+3.644
 
5
22
SAM LOWES
ING
SPEED UP
+5.140
 
6
39
LUIS SALOM
ESP
PONS Kalex
+9.499
 
7
5
JOHANN ZARCO
FRA
AJO Kalex
+9.834
 
8
49
AXEL PONS
ESP
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
+11.197
 
9
3
SIMONE CORSI
ITA
FORWARD Kalex
+11.611
 
10
36
MIKA KALLIO
FIN
QMMF Speed Up
+17.311
 
11
30
TAKAAKI NAKAGAMI
JAP
TEAM TADY Kalex
+20.784
 
12
73
ÁLEX MÁRQUEZ
ESP
MARC VDS Kalex
+21.296
 
13
11
SANDRO CORTESE
ALE
INTACT Kalex
+21.455
 
14
94
JONAS FOLGER
ALE
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
+21.560
 
15
23
MARCEL SCHROTTER
ALE
TECH3 Mistral 610
+24.669
 
16
19
XAVIER SIMÉON
BEL
GRESINI Kalex
+28.190
 
17
97
XAVIER VIERGE
ESP
TECH3 Mistral 610
+28.537
 
18
60
JULIÁN SIMÓN
ESP
QMMF Speed Up
+28.762
 
19
88
RICKY CARDÚS
ESP
JPMOTO MALAYSIA Suter
+29.017
 
20
66
FLORIAN ALT
ALE
IODA Suter
+29.297
 
21
4
RANDY KRUMMENACHER
SUI
JIR KALEX
+30.788
 
22
70
ROBIN MULHAUSER
SUI
INTERWETTEN Kalex
+32.028
 
23
10
THITIPONG WAROKORN
TAI
SAG Kalex
+37.044
 
24
2
JESKO RAFFIN
SUI
SAG Kalex
+37.107
 
25
32
FEDERICO FULIGNI
ITA
CIATTI Suter
+47.239
 
26
16
JOSHUA HOOK
AUS
INTERWETTEN Kalex
+47.901
 
 
90
LUCAS MAHIAS
FRA
PROMOTO Transfiormers
NC
 
 
57
EDGAR PONS
JAP
ITALTRANS Kalex
NC
 
 
21
FRANCO MORBIDELLI
ITA
ITALTRANS Kalex
NC
 
 
55
HAFIZH SYAHRIN
MAS
RACELINE Kalex
NC
 
 
 
 
 
 
 
 
POLE
TITO RABAT
ESP
MARC VDS Kalex
1:35.234
151.3 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA
TITO RABAT
ESP
MARC VDS Kalex
1:35.416
151.1 km/h
RECORDE
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Kalex
1:35.312
151.2 km/h
MELHOR VOLTA
POL ESPARGARÓ
ESP
PONS Kalex
1:34.957
151.8 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 20ºC | pista: 29ºC

document.MAX_ct0 ='';
var m3_u = (location.protocol=='https:'?'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?':'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random()*99999999999);
document.write ("”);
//]]>–>

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube