‘Nocauteado’ em Austin, Dovizioso aproveita para alfinetar Iannone, mas desculpa Pedrosa: “Não é um camicase”

Derrubado em Austin por Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso desculpou o espanhol e afirmou que o titular da Honda não é o tipo de piloto que corre riscos desnecessários. O #04, entretanto, aproveitou a oportunidade para alfinetar Andrea Iannone, que lhe derrubou no GP da Argentina

 
Na abertura da sétima volta da corrida deste domingo (10), o piloto da Honda perdeu o controle e caiu. Desgovernada, a RC213V atingiu Dovizioso em cheio. Andrea ficou de joelhos no chão, visivelmente com dores, com Dani correndo em sua direção para verificar sua condição antes de voltar para a pista para tentar continuar a prova.
Dani Pedrosa derrubou Andrea Dovizioso em Austin (Foto: Honda)
A classificação da MotoGP após o GP das Américas

Minutos depois, Pedrosa acabou abandonando e, após entregar a moto na garagem da Honda, foi direto para os boxes da Ducati, se desculpar com Dovizioso.

 
Falando à imprensa, Andrea aceitou as desculpas de Dani e aproveitou para alfinetar Iannone, dizendo que o espanhol não é do topo que corre riscos desnecessários.
 
“Tive muita sorte, porque a moto é muito pesada e podia ter sido muito pior. O corpo dói um pouco, mas nada importante”, disse Dovizioso. “Sempre é ruim perder pontos, ainda mais por erros de terceiros. Mas têm muitas formas de cometer erros. Conheço Dani faz muito tempo e ele não é dos que corre riscos desnecessários”, seguiu.
 
“Ele não é um camicase desses que tenta ultrapassar a cada freada. Ele cometeu um erro, mas esse tipo de falha não tem nada a ver com o que aconteceu na Argentina”, argumentou. “Nesse ponto, se você freia muito forte, é fácil perder a frente da moto. Eu abri muito a trajetória e creio que Dani não se deu conta até que fosse tarde demais”, avaliou.
 
Apesar do zero no placar, Dovizioso elogiou a performance da Desmosedici neste início de temporada.
 
“Tem muitas coisas positivas. Em três corridas muito diferentes, nós fomos competitivos, especialmente nas corridas. Estamos indo bem”, afirmou. “Minhas sensações, no entanto, não me permitem lutar pela vitória, mas sim pelo pódio e de forma regular. É preciso levar em conta que esses novos pneus trabalham de forma diferente a cada pista”, concluiu.

#GALERIA(5629)

PADDOCK GP #23, FALA SOBRE FITTIPALDI E FIM DE SEMANA MOVIMENTADO NO ESPORTE

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube