Nono em Sepang, Crutchlow cita problemas para parar Honda e avalia: “Temos muito trabalho a fazer”

Dono do nono melhor tempo na primeira bateria de testes da pré-temporada 2017 da MotoGP, Cal Crutchlow avaliou que a Honda ainda tem muito trabalho para fazer com a RC213V. Britânico apontou dificuldades para parar a moto

 

Nono colocado na primeira bateria de testes coletivos da pré-temporada 2017 da MotoGP, Cal Crutchlow deixou Sepang com sensações distintas. Ao mesmo tempo em que ficou feliz com a performance, o britânico também sabe que a Honda tem de trabalhar bastante para melhorar a RC213V.

 
Crutchlow está trabalhando junto com Marc Márquez e Dani Pedrosa no desenvolvimento do protótipo deste ano e aproveitou os dias na Malásia para avaliar a especificação mais recente do protótipo japonês.
Cal Crutchlow avaliou que a Honda ainda tem muito trabalho pela frente (Foto: LCR)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Fiz um longo dia com a nova especificação de motor e foi bem positivo”, disse Crutchlow. “Foi mais positivo do que na terça-feira, nós provavelmente conseguimos aprender como pilotar a moto. Nós, Marc e Dani também deram um salto não tão mal nos tempos de volta, e nosso ritmo é bem bom”, seguiu.
 
“No momento, nós estamos felizes o bastante, mas temos muito trabalho a fazer, sem dúvida, e eu ainda acho que nós estamos meio que no contrapé”, observou. “Mas nós sabemos disso, nosso time e a Honda sabem disso, então acho que estamos positivamente surpresos e satisfeitos”, avaliou.
 
“Nós tivemos vários problemas com o freio motor e a moto não parando, perdendo pelo menos três décimos só nesta área”, indicou. “Acho que no próximo teste vai ser mais difícil, não vai ser fácil ter peças ou fazer qualquer coisa antes disso, vai ser mais em direção ao Catar”, completou.
#GALERIA(6922)
PADDOCK GP #64 RECEBE FELIPE GIAFFONE E DEBATE CRISE NA F-TRUCK

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube