Acosta fratura fêmur em acidente de motocross e fica fora do GP da Holanda na Moto2

O espanhol Pedro Acosta, da KTM, fraturou o fêmur enquanto treinava e será baixa no GP da Holanda na Moto2, que acontece no próximo final de semana em Assen

MILLER MANTÉM STATUS, MAS DÁ PASSO ATRÁS COM IDA PARA KTM NA MOTOGP

O piloto espanhol Pedro Acosta, que atualmente disputa a Moto2 pela KTM, fraturou o fêmur enquanto treinava nesta terça-feira (21) com uma moto de motocross e vai desfalcar sua equipe na próxima etapa do campeonato, o GP da Holanda, no próximo domingo. As informações são do portal El Periodico, e dão conta de que o piloto de 18 anos será operado para se recuperar da fratura no Instituto Dexeus Quirón, em Barcelona.

Apesar do incidente, a fratura foi considerada ‘limpa’ e Acosta não deve perder mais nenhuma etapa devido ao problema. Assim, a tendência é de que esteja disponível novamente na etapa seguinte, na Inglaterra.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

aPedro Acosta comemora conquista do título da Moto3 em 2021 (Foto: AFP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Campeão da Moto3 em 2021 — quando fazia sua primeira temporada na categoria —, Acosta conquistou sua primeira vitória na Moto2 ao vencer o GP da Itália, oitava etapa do campeonato deste ano. A fratura acontece em um momento que tem sido bom para o espanhol, que somou mais um pódio na Alemanha com o segundo lugar e busca se recuperar dos três abandonos em quatro corridas entre o GP das Américas e o GP da França.

O GP da Holanda acontece já neste final de semana, entre os dias 24 e 26 de junho, em Assen.

LEIA MAIS
Quartararo joga partida perfeita, anula potência alheia e dá outro passo rumo ao bi

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar