Pedrosa relata problemas com pneus no GP de Aragão e revela tentativa de parar moto usando pé esquerdo

Sexto colocado no GP de Aragão, Dani Pedrosa revelou que teve muitos problemas com os pneus ao longo da prova no MotorLand. Espanhol usou o pé esquerdo para tentar parar a RC213V

Dani Pedrosa teve sérios problemas de pneus durante o GP de Aragão. Vindo de uma vitória em Misano, o piloto da Honda terminou a prova de domingo (25) no MotorLand na sexta colocação.
 
Após a corrida, Dani exibiu um pneu dianteiro destruído de forma incomum. Assim como a maior parte dos 20 pilotos no grid, o #26 largou com um composto médio na dianteira da RC213V.
Dani Pedrosa teve problemas em Aragão (Foto: Honda)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

“Não tive feeling com os pneus, atrás e na frente, desde o princípio”, contou Pedrosa. “Eu tive problemas, não tinha aderência atrás, não tinha aderência na frente”, seguiu.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Em meados da corrida, o dianteiro estava destruído. Aconteceu algo de errado com o pneu, tive muita vibração, o que mostra que tivemos algum problema”, apontou. “Eu tentei manter o ritmo, mas foi muito difícil correr sem aderência, na frente e atrás”, frisou.
 
“A pista talvez não estivesse ótima hoje em termos d grip… não sei exatamente qual foi o problema, mas, obviamente, foi uma sensação muito ruim correr assim depois do último fim de semana”, lamentou.
 
Com os problemas de pneu, Dani avaliou que não podia mesmo ter obtido um resultado melhor do que o sexto posto.
 
“Tive de chegar ao fim da corrida do jeito que dava. Não podia fazer nada melhor com as condições que tive na corrida”, ponderou.
 
Por conta dos problemas com os pneus, Pedrosa teve de usar os pés para ajudar parar a RC213V.
 
“Desde a volta de reconhecimento, o pneu traseiro me deu muitos problemas. Não tinha aderência. Derrapava muito”, relatou. “Na metade da corrida, o dianteiro começou a falhar. Cheguei à meta como pude. Tive de deixar Cal [Crutchlow] passar. Foi difícil terminar. Eu estava a ponto de cair a cada curva. Meus dedos quase saíram da bota esquerda por frear com o pé para poder frear de alguma maneira”, revelou.
 
“Já não é tanto uma questão de pilotar bem ou não. Hoje não podem me culpar de nada. E eu sou muito autocrítico. Creio que Dovi teve um problema parecido. Não sabemos se era defeituoso. Teremos de esperar por uma resposta”, completou.
 
Por conta da falha com o pneu de Pedrosa, a Honda forçou uma reunião com a Michelin. O encontro contou com a presença de Shuhei Nakamoto, vice-presidente executivo da HRC, Livio Suppo, chefe da Honda, Nicolas Goubert, responsável máximo pela Michelin, e Carmelo Ezpeleta, diretor-executivo da Dorna, a promotora do Mundial.
 
“A reunião foi para tentar que isso não aconteça em outras ocasiões”, comentou Dani.
 
PADDOCK GP #47 DISCUTE F1, FINAL DA INDY E FALA SOBRE ALEX ZANARDI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube