Pedrosa se queixa de defesa “perigosa” em Aragão e Rossi responde: “Se não está feliz, que corra sozinho”

Dani Pedrosa se queixou da forma como Valentino Rossi se defendeu que uma tentativa de ultrapassagem e avaliou que o italiano lançou mão de uma manobra perigosa. Piloto da Yamaha defendeu sua ação e avaliou que teve uma atuação comum para aquela curva

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }


google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Dani Pedrosa não ficou nada satisfeito com a forma como Valentino Rossi se defendeu de uma tentativa de ultrapassagem. Com oito para o fim do GP de Aragão de domingo (24), o #26 deixou Andrea Dovizioso para trás e seguiu para tomar o terceiro posto do #46. O piloto da Yamaha tentou fechar a porta ocupando o lado esquerdo da pista, mas o rival da Honda acabou passando pouco depois.
 
Mesmo tendo conseguido ultrapassar, Pedrosa avaliou que Rossi não tinha necessidade em empurrá-lo para fora da pista e avaliou que a manobra do italiano foi “perigosa”.
Dani Pedrosa não ficou satisfeito com a disputa com Valentino Rossi (Foto: Yamaha)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Rossi fechou a porta na reta e foi um pouco apertado. É perigoso fazer isso a 300 km/h. Ele não deixou espaço e isso não é correto. Por sorte, nada aconteceu”, disse Pedrosa. “Não sei se pela televisão se vê do mesmo jeito, mas em cima da moto sim. Me pareceu que estava apertadíssimo na ultrapassagem, tentei ser decidido e não parar, porque acabava de ultrapassar Dovizioso e sabia que se duvidasse, ele me passaria outra vez. Mas ele [Rossi] ia me empurrando mais e mais para a esquerda e, uma vez que me coloquei a seu lado, ele seguiu me empurrando para a esquerda e me senti muito espremido, com as rodas na linha e muito pouca margem. Não acho que era necessário me levar até a terra para defender sua posição, mas eu tinha uma saída de curva tão boa que consegui seguir com velocidade e ultrapassá-lo”, continuou.
 
Contrariado com a manobra, Pedrosa chegou até a fazer um sinal na direção de Rossi após a ultrapassagem.
 
“Não estou irritado, mas que ele não se queixe que o atrapalham, que lhe estorvam ou que não o deixam ultrapassar. É a mesma coisa para todo mundo e pronto”, disparou. 
 
O piloto da Yamaha, claro, não deixou de responder as criticas: “Se Pedrosa não está feliz, que corra sozinho”.
 
“Todo mundo fez isso comigo, especialmente na última curva”, comparou. “Têm pilotos que acham que são donos da pista”, cutucou.
 
“O que devemos dizer sobre os da Moto3 ou os da F1? Ninguém me deixa ultrapassar”, falou. “Se olharmos as últimas corridas, podemos ver mais de 30 manobras como esta”, concluiu.

#GALERIA(7196)
 
’SOLDADINHO’ DA PENSKE?

CASTRONEVES TEM FALTA DE TÍTULO COMO MANCHA NA CARREIRA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube