Pedrosa vê Austin como “circuito muito diferente”, mas avalia: “Sensação geral é positiva”

Segundo colocado no primeiro dia de testes no Circuito das Américas, Dani Pedrosa fez balanço positivo da sessão. Espanhol destacou longas retas e curvas apertadas da pista texana

 

Antes da estreia da temporada 2013 da MotoGP, a Honda decidiu organizar uma bateria de testes no circuito de Austin, que estreia no Mundial em 21 de abril. No primeiro contato com a pista, o domínio foi da fábrica nipônica, que viu Marc Márquez e Dani Pedrosa nas primeiras duas posições da tabela de tempos
 
Com a marca de 2min05s047, Pedrosa ficou com o segundo posto, 0s428 atrás de Márquez, o líder da sessão. Dani destacou que este primeiro contato com a pista é importante para estabelecer os pontos de referência do novo circuito, que classificou como muito diferente.
Pedrosa ficou com o segundo tempo no primeiro dia em Austin (Foto: Repsol)
“É um novo circuito – e um circuito muito diferente”, opinou. “Isso faz com que seja importante completar muitas voltas, para estabelecer seus pontos de referência: pontos de frenagem, mudança de marcha, descobrir se é melhor a segunda ou a terceira marcha – coisas desse tipo”, explicou. 
 
“Foi bom completar muitas voltas hoje e também ver como os pneus se desgastam”, continuou. “A pista tem muitas curvas apertadas – principalmente a curva 1 – mas também tem chicanes fluidas e algumas longas retas.” 
 
“O ritmo e as mudanças de direção de sessão para sessão, são um pouco estranhos no começo. Entretanto, depois de tantas voltas, você pega o jeito da pista. Mesmo que os níveis de aderência não sejam especialmente bons, a sensação geral é positivo”, finalizou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube