Petrucci bate Zarco e lidera treino marcado por bandeira vermelha em Assen. Líder da MotoGP, Viñales é 12º

Danilo Petrucci foi o mais rápido na primeira sessão de treinos livres da MotoGP em Assen. 0s126 mais lento, Johann Zarco fez o segundo tempo, seguido por Cal Crutchlow. Valentino Rossi garantiu o quinto tempo, com Maverick Viñales apenas em 12º, 0s019 à frente de Marc Márquez

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Danilo Petrucci está mesmo em boa fase. Embalado desde o pódio conquistado em Mugello, o italiano da Pramac bateu Johann Zarco na penúltima de suas 21 voltas na manhã desta sexta-feira (23) e garantiu a liderança do primeiro treino da MotoGP na Holanda.
 
O treino desta manhã foi marcado por uma paralisação de meia hora. A bandeira vermelha foi acionada após um problema com a moto de Andrea Dovizioso, que acabou por deixar resíduos na pista, motivando uma queda de Jorge Lorenzo.
 
No recomeço das atividades, a liderança mudou de mãos algumas vezes, mas foi Petrucci quem apareceu mais forte nos instantes finais.  O dia do italiano, porém, não foi sem problemas já que sua GP17 foi a segunda a apresentar problemas de motor, embora apenas nos últimos minutos do exercício.
Danilo Petrucci foi o mais rápido na primeira manhã de treinos em Assen (Foto: Michelin)
Apenas 0s016 mais lento que Zarco, Cal Crutchlow ficou com o terceiro tempo. Dovizioso, por sua vez, conseguiu deixar a quebra para trás e assegurou a quarta colocação, 0s149 mais lento que o líder. Provando o novo chassi da Yamaha, Valentino Rossi teve um início lento de sessão, mas apertou o passo nas voltas finais para ficar com o quinto posto, 0s161 atrás de Danilo.
Andrea Iannone colocou a Suzuki no sexto posto, à frente de Dani Pedrosa. Jonas Folger brigou pela liderança após uma queda nos primeiros minutos da sessão, mas ficou em oitavo, seguido por Lorenzo. Karel Abraham fecha a lista dos dez mais rápidos.
 
Líder do Mundial, Maverick Viñales foi 0s583 mais lento que Petrucci e acabou em 12º, 0s019 à frente de Marc Márquez, o 13º.
 
Saiba como foi o primeiro treino da MotoGP em Assen:
 
Com o céu nublado, a MotoGP entrou na pista com baixas temperaturas. Quando o cronômetro foi acionado para marcar os 45 minutos de sessão, os termômetros marcavam 19°C, com a pista chegando aos 24°C. A velocidade do vento era de 10 km/h.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

E a primeira sessão de treinos em Assen começou tumultuada. Jack Miller teve problemas mecânicos com a RC213V ainda no pit-lane e precisou voltar aos boxes da Marc VDS. Na sequência, foi Andrea Dovizioso que teve de lidar com uma falha da Desmosedici, que ficou soltando fumaça pela pista.
 
Ainda nos primeiros instantes da sessão, Jonas Folger caiu na Duikersloot, a curva 11 de Assen, e precisou de alguns minutos para se recompor. Logo depois, foi Jorge Lorenzo quem foi ao chão, agora na De Bult, a nona curva holandesa.
 
A sessão, então, foi interrompida em bandeira vermelha para que os fiscais pudessem verificar as condições de pista. A moto de Dovizioso, provavelmente, tinha deixado algum resíduo no asfalto.
 
Depois de 30 minutos de paralisação, a sessão foi reiniciada para os 41 minutos restantes de sessão.
 
Antes da parada, apenas Loris Baz, Héctor Barberá, Pol Espargaró e Tito Rabat tinham marcado tempo no traçado holandês.
 
De volta à pista, Marc Márquez logo se colocou na ponta, 0s006 à frente de Andrea Iannone. Cal Crutchlow vinha em terceiro, seguido por Barberá, Dovizioso e Maverick Viñales.
 
Na sequência, Crutchlow chegou a 1min36s590 e assumiu a liderança, 0s103 melhor que Iannone, o segundo colocado. Petrucci era o terceiro.
 
0s020 melhor que o britânico da LCR, Pedrosa assumiu a liderança, mas perdeu pouco depois, com Márquez e Bautista subindo para primeiro e segundo, respectivamente.
 
Com 25 minutos para o fim da sessão, os boxes voltaram a ganhar em movimentação, com os pilotos partindo para uma rodada de pit-stops. Márquez liderava a sessão, 0s002 à frente de Bautista. Pedrosa era o terceiro, com Dovizioso, Miller, Crutchlow, Barberá, Zarco, Aleix e Petrucci fechando o top-10. Viñales era 11º, com Rossi em 13°.
 
De volta à pista, Zarco cravou 1min35s504 e assumiu a liderança, 0s022 melhor que Márquez. Mais atrás, Viñales avançou para o sexto posto com uma combinação de pneus macios.
 
No giro seguinte, Maverick enfiou 0s241 em Zarco e tomou a ponta da tabela. Márquez seguia em terceiro. 
 
Com pouco menos de 12 minutos para o fim da sessão, Dovizioso baixou para 1min35s482 e se instalou no terceiro posto, 0s219 mais lento que Viñales.
 
De volta à pista após uma última parada nos boxes, Folger cravou 1min35s052 usando uma combinação de pneus macio na frente e médio atrás e assumiu a liderança, abrindo 0s211 de margem para Viñales. Com um par de macios, Zarco avançou para a terceira colocação.
 
Pouco depois, Miller cravou 1min35s193 rodando colado em Viñales e interrompeu o domínio da Yamaha no top-3, subindo para a segunda colocação. 
 
Com 1min34s967, Crutchlow passou ao comando da sessão, 0s085 melhor que Folger. Mais atrás, Rossi avançou para décimo com seu par de pneus macios.
 
A liderança do #35, porém, durou pouco, já que Zarco apareceu 0s161 melhor e ficou com o topo da tabela. 
 
Na volta seguinte, Zarco baixou sua marca, com Crutchlow aparecendo 0s016 mais lento para ficar com a segunda posição. Mais atrás, Rossi assumiu o quarto posto.
 
Com 1min34s680, Petrucci se instalou na liderança, à frente de Zarco, Crutchlow, Dovizioso, Iannone, Pedrosa e Rossi.

MotoGP, GP da Holanda, Assen, 1º Treino Livre:
 
1 9 DANILO PETRUCCI ITA DUCATI 1:34.680  
2 5 JOHANN ZARCO FRA TECH3 YAMAHA 1:34.806 +0.126
3 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 1:34.822 +0.142
4 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 1:34.829 +0.149
5 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:34.841 +0.161
6 29 ANDREA IANNONE ITA SUZUKI 1:34.914 +0.234
7 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 1:34.936 +0.256
8 94 JONAS FOLGER ALE TECH3 YAMAHA 1:35.052 +0.372
9 99 JORGE LORENZO ESP DUCATI 1:35.155 +0.475
10 17 KAREL ABRAHAM RTC ASPAR DUCATI 1:35.183 +0.503
11 43 JACK MILLER AUS MARC VDS HONDA 1:35.193 +0.513
12 25 MAVERICK VIÑALES ESP YAMAHA 1:35.263 +0.583
13 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:35.282 +0.602
14 45 SCOTT REDDING ING PRAMAC DUCATI 1:35.381 +0.701
15 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP ASPAR DUCATI 1:35.528 +0.848
16 44 POL ESPARGARÓ ESP KTM 1:35.562 +0.882
17 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP APRILIA 1:35.722 +1.042
18 42 ÁLEX RINS ESP SUZUKI 1:35.877 +1.197
19 22 SAM LOWES ING APRILIA 1:35.898 +1.218
20 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 1:35.916 +1.236
21 53 TITO RABAT ESP MARC VDS HONDA 1:36.404 +1.724
22 76 LORIS BAZ ESP AVINTIA DUCATI 1:36.819 +2.139
23 38 BRADLEY SMITH ING KTM 1:37.603 +2.923
             
RECORDE MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 1:33.617 174.6 km/h
MELHOR VOLTA VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 1:32.627 176.5 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 20°C | pista: 28ºC
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube