Pista técnica de Motegi exige estabilidade dianteira e aderência traseira, diz Michelin

A MotoGP chega ao Japão neste final de semana. Michelin, fornecedora oficial da classe rainha, ressaltou as grandes exigências técnicas do traçado de Motegi, com curvas de forte freada antes de grande aceleração

O Mundial de Motovelocidade desembarca neste final de semana no Japão, e a Michelin já começa as preparações. Frisando o desafio que tem pela frente, a fornecedora disse entender as especificações que precisa atender para o melhor desempenho dos pilotos.
 
O circuito de Motegi é conhecido pela sua característica travada. Os competidores precisam usar muito os freios nas curvas, antes de acelerar para entrar na curva. Então, serão levadas borrachas dianteiras simétricas, e com o lado direito mais duro nos traseiros.
 
“Motegi é uma pista que demanda estabilidade da dianteira já que os pilotos freiam muito forte nas curvas, especialmente naquelas que são ‘curvas de 90 graus’, mas também precisam de aderência do traseiro para ter a potência para acelerar nas curvas lentas”, explicou Piero Taramasso, chefe do programa de esportes a motor em duas rodas da Michelin.
A MotoGP chega ao Japão (Foto: Reprodução)

“Selecionamos compostos que sabemos que vão encaixar nesses aspectos e dar a todos os pilotos a confiança que precisam para acelerarem forte nessas curvas, enquanto ainda têm o controle total de suas máquinas”, continuou.
 

Normalmente, durante os finais de semana em Motegi, a chuva acaba marcando presença. “Motegi também pode ser molhada, mas após o que aconteceu em 2017, sabemos como os pneus de chuva funcionam, então não temos preocupações com o desempenho”, encerrou.
 
O GP do Japão de MotoGP está marcado para o domingo, às 3h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube