Pol Espargaró comanda segundo treino da MotoGP do GP da Estíria. Quartararo é só 14º

O piloto da KTM dominou a sessão e fechou o treino da tarde desta sexta-feira (21) com 0s266 de margem para Takaaki Nakagami. Joan Mir fechou o top-3, com um irritado Fabio Quartararo 1s atrás do líder

Pol Espargaró colocou a KTM no topo da tabela de tempos da MotoGP na manhã desta sexta-feira (21). O catalão cravou 1min23s638 na melhor de suas 22 voltas e concluiu a atividade com 0s266 de margem para Takaaki Nakagami, o segundo colocado.

Vindo de uma estreia no pódio da MotoGP na semana passada, Joan Mir ficou com o terceiro posto, 0s102 melhor que Álex Rins, o quarto colocado. 0s422 atrás do ponteiro, Maverick Viñales completa o top-5.

Pol Espargaró (Foto: KTM)

Miguel Oliveira foi 0s480 mais lento que o Pol e acabou em sexto, seguido por Franco Morbidelli e Aleix Espargaró. Valentino Rossi melhorou na volta final para ficar em nono, com Brad Binder encerrando um rol dos dez mais rápidos coberto por 0s789.

Líder do campeonato, Fabio Quartararo teve uma sessão de muitos erros e ficou apenas em 14º. O piloto da moto #20 fez a melhor volta em 1min24s643 e acabou 1s005 atrás do caçula dos Espargaró.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Estíria, sexta etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Saiba como foi o treino livre 2 da MotoGP no Red Bull Ring:

Com o sol reinando em Spielberg, a MotoGP encontrou temperaturas mais elevadas na tarde desta sexta-feira (21). Quando o cronômetro passou a contar os 45 minutos da sessão, os termômetros marcavam 30,5°C, com o asfalto chegando a 52,4°C.

Pol Espargaró abriu a sessão com um ritmo forte e logo tomou a ponta, tratando de baixar a marca na sequência para chegar em 1min24s203, 0s434 melhor que Franco Morbidelli. No giro seguinte, Maverick Viñales subiu para o segundo posto, reduzindo para 0s395 a margem do piloto da KTM.

Líder do Mundial, Fabio Quartararo aparecia na quarta colocação, 0s093 à frente de Takaaki Nakagami. Álex Márquez também começou bem a sessão e aparecia na sétima colocação, 0s598 atrás do ponteiro.

Maverick insistiu mais um pouco e reduziu a vantagem de Pol para 0s237. Morbidelli, apesar de um passeio pela brita da curva 4, seguia em terceiro, à frente de Quartararo, Nakagami e Aleix Espargaró.

Antes de parar nos boxes, Andrea Dovizioso anotou 1min24s774 e saltou para sétimo, mas logo caiu uma posição, já que Álex Rins se instalou em terceiro, 0s408 mais lento que Pol.

De volta à pista com um par de pneus médios, Rossi anotou 1min24s767 e saltou para a oitava colocação, 0s564 atrás de Pol, que seguia intocado na liderança. Quartararo também melhorou e agora vinha em sexto.

Também com um par de médios, Brad Binder foi a 1min24s505 e assumiu o quarto posto, 0s302 atrás de Pol. Rins também foi melhor e, com um par de macios, assumiu o segundo posto, 0s008 atrás do líder.

Rins, então, baixou para 1min24s122 e tomou a liderança da KTM por só 0s081. Binder avançou para terceiro, à frente de Viñales e Morbidelli.

Quando partiram para a última rodada de pit-stops, o top-10 tinha Rins, Pol, Binder, Viñales, Morbidelli, Nakagami, Quartararo, Aleix, Rossi e Dovizioso. Márquez tinha caído para 11º.

Mir voltou a pista e de cara mudou a posição na tabela. Com 1min24s608, o espanhol subiu para quinto, 0s486 atrás do parceiro de Suzuki. Mas em se tratando dos minutos finais, era hora de os tempos caírem para valer.

Com um pneu duro na frente e um macio atrás, Pol foi a 1min23s764 e retomou o comando, 0s358 melhor que Rins. Mir, então, foi 0s053 melhor que Álex para ficar com o segundo posto. Mais atrás, Iker Lecuona avanço para sexto, com Álex Márquez em nono.

Mir apertou o passo na sequência, reduzindo a margem do caçula dos Espargaró para 0s143. Nakagami seguiu o mesmo caminho e pulou para terceiro. Mais atrás, Oliveira avançou para quinto.

Na reta final da sessão, Quartararo apareceu verdadeiramente frustrado, irritado com a performance. Pouco depois, o #20 escapou da pista na curva 4. O francês tinha o 11º tempo.

Viñales melhorou mais uma vez e saltou para sexto, 0s002 melhor que Morbidelli, o sétimo. Aleix, Binder e Lecuona vinham atrás, com Rossi melhorando para ser 11º.

Com a bandeira quadriculada tremulando no Red Bull Ring, Nakagami saltou para segundo, 0s266 atrás de Pol. Mir, Rins e Viñales completavam o top-5.

MotoGP 2020, GP da Estíria, Red Bull Ring, Treino livre 2:

1P ESPARGARÓKTM1:23.638 
2T NAKAGAMILCR Honda1:23.904+0.266
3J MIRSuzuki1:23.907+0.269
4A RINSSuzuki1:24.009+0.371
5M VIÑALESYamaha1:24.060+0.422
6M OLIVEIRATech3 KTM1:24.118+0.480
7F MORBIDELLISRT Yamaha1:24.187+0.549
8A ESPARGARÓAprilia Gresini1:24.366+0.728
9V ROSSIYamaha1:24.378+0.740
10B BINDERKTM1:24.427+0.789
11I LECUONATech3 KTM1:24.429+0.791
12Á MÁRQUEZHonda1:24.463+0.825
13C CRUTCHLOWLCR Honda1:24.560+0.922
14F QUARTARAROSRT Yamaha1:24.643+1.005
15A DOVIZIOSODucati1:24.774+1.136
16M PIRROPramac Ducati1:24.807+1.169
17J MILLERPramac Ducati1:24.925+1.287
18D PETRUCCIDucati1:24.985+1.347
19B SMITHAprilia Gresini1:25.025+1.387
20S BRADLHonda1:25.057+1.419
21T RABATAvintia Ducati2:25.221+1.583
 J ZARCOAvintia Ducati  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube