Por novos pilotos, MotoGP altera regulamento de testes para 2020

A MotoGP anunciou nesta quarta-feira (4) uma modificação no Regulamento Esportivo que vai permitir a avaliação de novos pilotos. A medida trata da substituição de pilotos contratados em testes do Mundial de Motovelocidade

A MotoGP promoveu uma mudança em seu Regulamento Esportivo para permitir a avaliação de novos pilotos. A medida anunciada nesta quarta-feira (4) trata da substituição de pilotos contratados em testes do Mundial de Motovelocidade.
 
Até então, as equipes só podiam substituir os titulares em testes por “lesão ou outra razão”. Mas, como a MotoGP não tem mais testes privados ― exceto para as fábricas que se beneficiam de concessões ―, os times acabavam impedidos de avaliar novos pilotos.
 
A partir de 2020, porém, “as equipes podem substituir seu piloto contratado por todo ou parte do teste, desde que o número máximo de dias de teste seja respeitado, e que o substituto assuma a vaga do piloto contado. Ou seja, os dois não podem estar na pista ao mesmo tempo”. O piloto substituto, porém, terá de ser aprovado pelo Comitê de Seleção.
Bradley Smith (Foto: Aprilia Racing Team Gresini)
Paddockast #44
RETROSPECTIVA 2019: MUITO QUE BEM, MUITO QUE MAL

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

No caso de Moto3 e Moto2, o piloto substituto vai ser tratado como titular no que diz respeito à contagem de dias de teste, o que significa dizer que uma equipe não poderá aumentar seus dias de testes substituindo o piloto, da mesma forma que um competidor não poderá aumentar sua quilometragem com uma troca de time.
 
“O efeito dessas mudanças é que os times terão a oportunidade de avaliar a competência de pilotos não contratados para uso futuro como suplente ou substituto. Isso também dá aos times e ao Comitê de Seleção a oportunidade de avaliar pilotos que podem ser indicados como contratados em temporadas futuras”, explicou a FIM.
 
Além disso, a MotoGP promoveu uma mudança no regulamento dos wild-cards. Até agora, as fábricas não podem nomear convidados para corridas consecutivas, mas a Comissão de GP concordou em remover essa barreira para marcas que contam com concessões e podem fazer um máximo de seis wild-cards.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube